Artista Edi Balod é apaixonado por pontos turísticos de Araranguá

Série de poemas, pinturas e instalações já foram desenvolvidas por Balod em homenagem à cidade

Foto: Nilton Alves/TN

- PUBLICIDADE -

Thais Borges/Especial Tribuna de Notícias
Araranguá

Apesar de ter nascido em Orleans e morar em Criciúma, o coração de Edi Balod, de 80 anos, é de Araranguá. O artista é apaixonado pela cidade e tem uma casa na região do Morro dos Conventos. Seu interesse foi surgindo com o tempo e atualmente ele se sente como um verdadeiro nativo.

- PUBLICIDADE -

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

Uma série de poemas, pinturas e instalações já foram desenvolvidas por Balod em homenagem à cidade. ‘Balsa Blues’ é uma das suas últimas produções e é inspirada na balsa do Rio Araranguá. O livro é um texto com ilustrações e foi produzido de forma alternativa: com papel reciclado e todo escrito à mão. O artista fala sobre a história. “É um caminhante que está em procura de si mesmo. Ele chega em uma das margens do rio e se depara com esse obstáculo natural, mas aí tem a balsa”, explica. “Nesse texto, eu faço elogios à balsa”. Segundo Balod, o texto também ressalta a importância da balsa para a população.

No Rio Araranguá, o artista apaixonado alega ter conhecido as margens do rio em toda a sua extensão. “Já percorri as laterais do rio até quase no ponto onde ele nasce e tenho tomado banho, pescado, remado, navegado”, afirma. Edi Balod planeja publicar outros livros que já escreveu sobre seu amor pelos pontos turísticos da cidade.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.