Arroio do Silva: Plano de Desenvolvimento Socioeconômico é lançado

Encontro ocorreu na noite desta quinta-feira, 31, no auditório da Escola Jardim Atlântico

Foto: divulgação

- PUBLICIDADE -

As equipes da Unesc e do Sebrae/SC aterrissaram em Balneário Arroio do Silva, cidade litorânea do Extremo Sul, na noite desta quinta-feira, 31, para planejar o futuro juntamente da Administração Municipal e comunidade em geral. O encontro, que marcou o Lançamento do Plano de Desenvolvimento Socioeconômico do município, ocorreu no Auditório da Escola de Ensino Fundamental Jardim Atlântico e contou com transmissão ao vivo pelo canal da Unesc TV no YouTube.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

O planejamento urbano exige que a cidade conheça a realidade por meio de um mapeamento em suas mais diversas áreas. Por isso a importância de programar pensando no futuro, conforme explanou a pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional da Unesc, Gisele Coelho Lopes. “Esse plano veio no melhor momento para a região e para Balneário e vai proporcionar uma discussão muito qualificada. Temos aqui a oportunidade de construir um projeto que tenha significado na vida das pessoas. O que estamos propondo é que a população enxergue o futuro, enxergue 2033. Será que Balneário terá mais moradores? E se tiver, o que precisa fazer?”, questionou Gisele.

Para ela, Arroio do Silva é um município com grande potencial de desenvolvimento e oportunidades de atrair turistas, de fazer com que as pessoas encontrem o ambiente de vida e construção de projetos de felicidade. “O futuro acontece a partir do esforço que fazemos no presente. Por isso é importante discutir e planejar. Estamos aqui com o Sebrae/SC para poder desenvolver esta região com o envolvimento de todas as pessoas que querem construir seus projetos de vida para os próximos dez anos”, destacou.

A reitora Luciane Bisognin Ceretta não pôde estar presente, mas deixou um recado para todos os moradores, reforçando o compromisso da Universidade na contribuição com o desenvolvimento local e regional. “O desenvolvimento de uma cidade precisa ser muito bem planejado, muito bem articulado com todas as forças vivas da sociedade, com as potencialidades locais e regionais organizadas, a fim de que as decisões sejam devidamente sustentadas”, sublinhou.

Para ela, essa é uma região pujante e com potenciais turísticos bem instalados, com modais logísticos muito bem estabelecidos e em crescimento. “Estou certa que no futuro olharemos para o dia de hoje como um marco importante e que teve a participação de todos”, apontou.

Apresentação completa da metodologia

A metodologia da elaboração do Plano de Desenvolvimento Socioeconômico foi apresentada pela coordenadora do Observatório de Desenvolvimento Socioeconômico e Inovação da Unesc, Melissa Watanabe que iniciou a sua fala fazendo uma análise com a população presente. “Como enxergamos Balneário Arroio do Silva para 2033? O que fazemos e temos de melhor e quais os desafios impostos?”, interpelou Melissa, informando que todas essas perguntas podem ser respondidas com a participação popular.

“É importante que a sociedade civil, iniciativas privada e pública estejam conosco na formulação das ideias. Com isso, estaremos entendendo que o desenvolvimento feito pelas pessoas é o desejo que elas têm de qualidade de vida”, disse.

Com pouco mais de 13 mil habitantes e com cerca de 20 quilômetros de orla, Balneário Arroio do Silva vem crescendo constantemente, tanto que hoje é a terceira maior cidade da Associação do Extremo Sul Catarinense (Amesc) em termos de população. “Crescemos muito e queremos melhores condições de vida à nossa população. Por isso é importante ter planejamento para a melhoria da infraestrutura, da saúde, da educação. Esse amparo unindo toda a expertise da Unesc e do Sebrae será muito importante para um resultado de excelência. Nós enxergamos a cidade de um jeito e o corpo técnico da Unesc e Sebrae/SC de outro. Essa união de olhares com detecção de virtudes vai contribuir para o direcionamento estratégico de visão de futuro para a cidade e região”, comentou o prefeito Evandro Scaini.

Para a analista técnica do Sebrae/SC, Juliana Guizzo, mais importante que fazer o plano é executá-lo. “Não temos mais tempo para visão de achismo. De fato, temos que entender quais são as demandas dos nossos empresários, da nossa sociedade e aí sim direcionar forças, energias e recursos para oportunizar o desenvolvimento da região”, complementou.

Workshop para participação popular

No dia 12 de abril, às 9h, a cidade de Balneário Arroio do Silva receberá o workshop, oportunidade para todos projetarem como querem o município e apresentarem suas ideias para que os objetivos traçados sejam almejados.  “Esse será o dia que falamos que é o da mão na massa onde as pessoas vão discutir ideias, dialogarem e analisarem qual direcionamento desejam para o município e as potencialidades. A partir disso, com o diagnóstico socioeconômico que estamos trabalhando, conseguiremos fazer a junção dos desafios que o município tem e os sonhos que ele seja”, finalizou Melissa.

O planejamento é realizado pela Unesc, Amesc e Sebrae/SC e se estenderá aos outros 13 municípios do Extremo Sul. Após este processo de percepção, a Unesc fará uma proposição de objetivos estratégicos, de visão de futuro e apresentará o resultado do diagnóstico e para onde ele aponta.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.