Arroio do Silva: agência dos Correios deve parar de funcionar na cidade

Município reforça que fez o possível para manter a agência em funcionamento

Foto: Imagem ilustrativa

- PUBLICIDADE -

A Administração Municipal de Balneário Arroio do Silva informou que não colaborará mais o funcionamento da agência dos Correios. Segundo a prefeitura, desde julho de 2020 o município custeia as despesas com o aluguel, energia e água para o funcionamento da agência dos Correios de Balneário Arroio do Silva. Dois acordos já foram firmados para a adequação do local para ser custeado unicamente pela agência, mas a mesma não “tratou o assunto com seriedade”.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Segundo a Administração Municipal, o primeiro acordo tinha um prazo até o dia 30 de junho de 2021, mas, mesmo com este tempo, os Correios não tomaram providências, fazendo com que o Município novamente entrasse em ação para o não fechamento da agência.

A partir de julho de 2021 a Prefeitura firmou um novo termo de cessão de uso do espaço, arcando mais uma vez com as despesas. Este novo prazo de cessão foi acordado junto aos Correios até a data de 28 de fevereiro de 2022 e, mais uma vez, os Correios não tratou o assunto com a seriedade exigida.

Diante do esforço e dos prazos cedidos, considerando os custos pagos pelo Município desde 2020, eles alegam que não há a possibilidade de continuar com a manutenção do custeio, visto que os Correios é uma empresa Pública Federal e possui recursos suficientes para manter a agência aberta.

O Município concluiu que o prazo cedido de 20 meses aos Correios foi suficiente para providenciarem a adequação e reforçam que fizeram o possível para manter a agência em funcionamento na cidade.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.