Adutora rompe novamente em Nova Veneza e Criciúma fica sem água

Previsão de finalização e religamento do sistema está previsto para ser realizado ainda na manhã desta quarta-feira, 16

Foto: Internet/Pixabay

- PUBLICIDADE -

Partes de Criciúma estão sem água devido a um novo rompimento de uma adutora no Picadão, região localizada em Nova Veneza.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

De acordo com a Casan, o religamento do sistema está previsto para ser realizado ainda na manhã desta quarta-feira, 16, porém pode voltar gradualmente até o período da noite. Segundo o gerente operacional Matheus Ibagy Pacheco, afirma que a volta da água será mais rápida desta vez. “No outro evento, a Estação de Tratamento de Água ficou sem produção nenhuma, neste conseguimos operar de forma parcial”, conta. O gerente afirma ainda que, conforme técnicos que estão trabalhando no conserto, uma possível vibração gerou o vazamento.

Além de Criciúma, o rompimento também atinge outros municípios. Confira a nota da Casan:

A CASAN informa que devido a rompimento de adutora o abastecimento está comprometido para os municípios atendidos pelo Sistema Integrado de Criciúma, que atende Siderópolis, Criciúma, Forquilhinha, Maracajá, parte de Içara, Nova Veneza e também parte de Morro da Fumaça.

Equipes trabalham no conserto da tubulação, com previsão de finalização e religamento do sistema na manhã desta quarta-feira. O retorno do fornecimento de água será gradativo, devendo se prolongar durante o período da noite e sendo mais lento para regiões altas e finais de rede.

A CASAN informa que está operando com a vazão reduzida e pede compreensão e colaboração para que a água dos reservatórios domiciliares seja utilizada da forma mais econômica possível até normalização completa do sistema.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.