Vem aí o hino do Caravaggio Futebol Clube

Comissão é montada para escolher a música-tema do Azulão da Montanha. Inscrições iniciam nesta semana e terão período de um mês


- PUBLICIDADE -

Nova Veneza

A diretoria do Caravaggio Futebol Clube montou uma comissão para escolher o hino do Azulão da Montanha. Com diretores e convidados, o grupo receberá propostas no período de um mês.

- PUBLICIDADE -

O concurso contará com quatro etapas, sendo a inicial com as inscrições, a pré-seleção feita pela comissão, a escolha final por meio de votação pública e o lançamento público do hino do Caravaggio Futebol Clube. “Depois que ingressamos no futebol profissional recebemos algumas propostas de hino para o clube e entendemos que é o momento de escolhermos a canção que marcará nossa história”, destaca o diretor de Marketing, Wagner Ghislandi, que compõe a comissão.

O período de inscrição será de 25 de fevereiro a 25 de março. O candidato poderá se inscrever de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h ou das 13h30 às 17h, na secretaria do clube, no Estádio da Montanha.

Um dos participantes da comissão é o professor, músico e ex-jogador do Azulão, Lucas Barchinski, que ressalta a alegria de participar de um momento importante para o clube. “Eu cresci aqui, todas as minhas raízes são daqui. É uma felicidade enorme e por conhecer a comunidade e a união que ela tem chega a me arrepiar, pois traz uma responsabilidade muito grande. É um momento histórico para o Caravaggio”, diz.

Os conselheiros Ramon Vicente Nascimento e Rodrigo Feltrin Fernandes também compõem a comissão, assim como Rafael Marangoni e Tânia Vitali, representantes da comunidade. “A responsabilidade é de fazer algo que vai ficar eternizado na história do clube, que vai embalar a torcida durante os jogos. É algo muito importante para nós da comunidade participar desse momento”, frisa Tânia.

O edital do concurso estará disponível na secretaria do clube ou por meio do WhatsApp (48) 99119-6263.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.