Tigre: Sem time Sub-20 para o jogo de domingo

Auxiliar técnico, Rodrigo Leitão, garante que Criciúma vai com o que tiver de melhor para a partida contra o Atlético Tubarão pela Série B Estadual


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Palhoça

- PUBLICIDADE -

A maratona do Criciúma segue em alta velocidade. Nesta semana, já foram dois jogos e, agora, a equipe atuará no sábado e no domingo. No dia 30, o desafio é no Paraná, pela Série B do Brasileiro, diante do Londrina. No dia seguinte, a partida será contra o Atlético Tubarão, no Majestoso, pela Segundona Estadual.

O confronto de domingo, pela competição catarinense, será disputado pelo melhor elenco que estiver disponível. “O nosso planejamento sempre foi ter a equipe mais forte disponível para as competições: seja Brasileiro ou Catarinense. É isso que vamos fazer para o jogo de domingo. Em nenhum momento, no nosso planejamento, pensamos em colocar um time alternativo ou Sub-20. Não. A ideia é usar sempre o melhor time disponível. Claro que vocês estão acompanhando o calendário: temos jogo sábado e domingo. Mas vamos com a força máxima que estiver disponível para jogarmos contra o Tubarão e fazermos o que viemos buscar hoje e não conseguimos”, pontua Rodrigo Leitão, auxiliar técnico do Criciúma, que comandou o time, na partida de ontem, à beira do gramado.

O auxiliar acredita que o time não está conseguindo vencer pela falta de bolas na rede. Parece óbvio, mas, para Rodrigo, a equipe está criando, mas não faz os gols. “Primeiro, antes de tudo, a gente sempre vai para os jogos com a expectativa de, independente qual seja a competição, o estádio e o gramado, fazer o trabalho acontecer e buscar a vitória. Temos conseguido criar situações importantes de finalizações e gol. De verdade, o que está faltando é conseguir colocar essa bola para dentro e aumentar a eficiência para que, ao sermos agredidos, a gente gere mais dificuldade aos adversários”, ressalta.

Conversa no gramado, logo após a partida

Após o apito de Diego Cidral, na tarde de ontem, o auxiliar se reuniu com o diretor de futebol, Juliano Camargo, e com o técnico Cláudio Tencati, que assistiram à partida no Renato Silveira. Conforme Leitão, a conversa foi de análise e planejamento. “A gente tem um trabalho onde todos participam de planejamento e debates. A comissão técnica toda está envolvida com isso. A conversa é para analisar o que foi e de seguir o próximo passo, dentro do planejamento”, pontua.

Rodrigo garante que os ajustes necessários serão feitos até domingo. “A gente nunca gosta quando faz um plano e algumas coisas não acontecem: a bola não entra, a gente perde um pouco da ‘manha’ e a bola está um pouco mais perto do nosso gol. Eu acredito que foi um pouco disso: como conseguimos nesse período, até domingo, fazer os ajustes”, comenta.

Leitão prefere não antecipar o planejamento para o jogo. “Não vou dizer qual é o plano para o jogo, senão já vamos entregar para o adversário, mas a conversa vai muito nesse sentido: entender o que podemos, dentro do planejado, fazer para que as bolas entrem no gol. A gente veio para a vitória e não conseguimos. Não estamos de olhos fechados para isso. Queríamos e não conseguimos a vitória, mas sabemos o que devemos corrigir e fazer de melhor. A conversa é no sentido de tentar fazer, no domingo, o que poderíamos ter feito hoje melhor e não conseguimos”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.