Tigre faz duelo de líderes contra o Metrô

Ambas as equipes tem sete pontos ganhos e buscam a primeira colocação da Série B Estadual, a partir das 19 horas, no Majestoso. Criciúma quer a recuperação após empatar com o Caravaggio


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

A disputa pela liderança da Série B Estadual acontece hoje, a partir das 19 horas, no Majestoso. Criciúma e Metropolitano têm sete pontos na tabela e entram em campo em busca da primeira posição isolada. O Tricolor Carvoeiro quer a recuperação, após empatar com o Caravaggio em 1 a 1 no domingo.

Para o goleiro Alisson, o momento é de “virar a chave”. “Claro que a gente gostaria de ter vencido, isso não aconteceu, mas, agora, a gente já mudou a chave e estamos focados na partida de amanhã (hoje) e vamos fazer um grande resultado. Vale lembrar que a gente é líder da competição, então, a gente tem que ter foco no Metropolitano. Temos que esquecer o jogo de domingo. Se tivéssemos ganhado, também teríamos que mudar a chave rápido, então, é focar na partida do Metrô”, diz.

Após a partida contra o Azulão da Montanha, a torcida carvoeira chegou a vaiar os atletas. Alisson considera normal a manifestação dos torcedores. “Eu acho que o torcedor tem todo o direito de nos cobrar também. O torcedor foi lá e nos apoiou no domingo à tarde. Teve lá e nos apoiou durante todo o jogo e tem sido assim em todos os jogos. Então, eu vejo como normal, o torcedor tem esse direito. É claro que quanto mais eles tiverem nos apoiando, melhor. Eu vejo como uma situação normal e acho que a única forma da gente trazer o torcedor para perto da gente é tendo o resultado. Eu creio que amanhã (hoje) vamos fazer um grande jogo e vamos sair com a vitória. Assim, tudo fica bem”, destaca.

Foco total na competição catarinense

Disputando a Série B do Brasileiro e também a Segundona do Catarinense, o elenco carvoeiro consegue manter o foco total em cada uma das competições. “Quando nós acertamos a renovação, ou quem veio contratado, sabíamos dos objetivos do clube no ano: voltar à elite estadual e o objetivo do Brasileiro que é fazer uma boa campanha. Então de maneira nenhuma atrapalha, todos nós estamos focados nos dois objetivos e vamos lutar para que isso aconteça”, pontua Alisson.

O goleiro diz que não houve menosprezo no jogo contra o Caravaggio. “Achei que foi um jogo atípico. O adversário também impôs dificuldade. Claro que a gente gostaria de ter vencido, em nenhum momento, a gente menosprezou o adversário ou o jogo. Pelo contrário, tratamos com a mesma seriedade. Infelizmente, não conseguimos a vitória e agora é focar no Metrô. Claro que o professor vai ajustar o que for necessário, mas estamos focados na partida”, ressalta.

Para Alisson, o objetivo maior do Criciúma, no ano, é o acesso para a Primeira Divisão do Estadual. “Sem dúvida nenhuma. A gente sabe que o principal objetivo é esse (voltar para a Série A do Catarinense) e não tem outra conversa. A obrigação é, sim, de colocar o clube na Série A, independente de quem jogue. Vamos buscar subir para a Série A do Estadual e fazer uma boa campanha na Série B do Brasileiro”, finaliza.

Campeonato Catarinense – Série B  – 4ª Rodada

22/06 (quarta-feira) – 19h – estádio Heriberto Hülse, em Criciúma

CRICIÚMA

Alisson; Cristovam, Rayan (Zé Marcos), Kadu Ribeiro e Helder; Renan Areias, Léo Costa e Marcos Serrato; Gui Azevedo, Thiago Alagoano e Hygor. Técnico: Cláudio Tencati

METROPOLITANO

Zé Carlos; Bruno Moura, Elton Silva, Julio e Taygor; Caio, Cauê Silva e Alex Maranhão; Bruno Oliveira, Romão e Willyan Souto. Técnico: Rodrigo Cascca

Arbitragem: Dioneglei da Silva Vianna; Auxiliares: José Roberto Larroyd e Jean Marcos Chieza Colle

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.