Tigre conquista ponto em Porto Alegre

Em jogo de pouca inspiração, de ambos os lados, Criciúma fica no 0 a 0 com o Grêmio e se mantém no meio da tabela da Série B. Jogo é marcado por chances escassas de gols de ambos os times


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Porto Alegre

- PUBLICIDADE -

Fotos: Celso da Luz/CEC

O Tricolor Carvoeiro volta com um ponto na bagagem de Porto Alegre. Na noite desta quinta-feira, o time pouco foi ameaçado pelo Grêmio e ficou no 0 a 0 na Arena. Por outro lado, a equipe treinada por Cláudio Tencati também não criou muitas chances de gols e preferiu garantir a igualdade. A melhor chance do Criciúma aconteceu aos 16 minutos do primeiro tempo, quando Hygor não alcançou o cruzamento, na pequena área, após lance de Rafael Bilu pela esquerda. O próximo desafio do Tigre será na sexta-feira, dia 27, às 21h30, diante do Cruzeiro, no Majestoso.

O Tigre começou marcando forte, no campo de defesa do Grêmio, que tentava chegar ao ataque em passes rápidos. Aos três minutos, Hygor entrou forte sobre Biel e levou cartão amarelo. Lance perigoso do atacante Carvoeiro. O Tricolor Gaúcho tinha mais posse de bola, mas não conseguia levar perigo ao gol de Gustavo. Aos seis minutos, Diego Souza matou no peito e chutou mascado, na sobra Biel bateu, mas a bola desviou na zaga e saiu para escanteio. Na cobrança, a zaga afastou. O Criciúma se defendia bem e conseguia resistir à pressão do time gaúcho, porém, não chegava ao ataque. Aos 14 minutos, Thiago Alagoano errou o passe pela direita, Nicolas arrancou e tocou para Biel no meio, mas Marcelo Hermes se antecipou e afastou para escanteio o que poderia ser um lance perigoso do Grêmio.

Aos 16 minutos, Rafael Bilu teve espaço pela intermediária esquerda, bateu forte e Hygor não alcançou a bola na pequena área. Chance desperdiçada pelo Tigre. A melhor da partida até o momento. O Criciúma se estabilizou em campo e começou a aproveitar os erros de passes do Grêmio para crescer no jogo. Aos 20 minutos, Rafael Bilu, novamente, entrou pelo meio, avançou e bateu forte, mas a bola subiu e saiu. Aos 22 minutos, após cobrança de escanteio, Diego Souza cabeceou para baixo e Gustavo colocou para novo escanteio. Na cobrança, a zaga afastou. Aos 24 minutos, Diego Souza fez a jogada pela direita e rolou para Lucas Silva que bateu alto. O Grêmio voltou a equilibrar a partida. Aos 27 minutos, Rafael Bilu fez jogada pela esquerda, invadiu a área e se chocou com Lucas Silva. O camisa 7 do Tigre pediu pênalti, mas o árbitro nada marcou.

Aos 30 minutos, Diego Souza ficou cara a cara com Gustavo, mas o camisa 1 do Tigre fez grande defesa e evitou o gol do Grêmio. No rebote, Biel também finalizou, mas Gustavo pegou novamente. Na sequência do lance, Rodrigues bateu de fora da área, mas o capitão do Tigre colocou para escanteio. O Grêmio pressionava o Tigre. Aos 36 minutos, Thiago Alagoano bateu falta pela linha de fundo. Aos 41 minutos, Fellipe Mateus bateu de fora da área, mas a bola subiu. No minuto seguinte, Diego Souza tocou para Bitello, na esquerda, mas o meia bateu fraco para fácil defesa de Gustavo. No final do primeiro tempo, empate sem gols na Arena do Grêmio. “A gente sabia que a equipe deles viria para cima, estávamos preparados para isso. Eles precisam da vitória, mas nós também precisamos. A equipe soube sofrer. Suportamos bem. Acredito que podemos conseguir um bom resultado aqui”, diz o goleiro Gustavo.

Pouca inspiração de ambos os lados

Aos três minutos da segunda etapa, Rafael Bilu fez jogada pela direita e cavou escanteio. Na cobrança, Bitello afastou. Os times tinham pouca criatividade e não chegavam ao perigo no gol adversário. Aos sete minutos, Rodrigo escorregou, Bitello ficou com a bola, tocou para Nicolas que cruzou para Diego Souza, mas o centroavante do Grêmio bateu em cima da zaga e cavou escanteio. Na cobrança, a zaga afastou. Aos 12 minutos, Biel lançou Campaz na área, mas o auxiliar marcou impedimento. Dois minutos depois, Biel passou por Claudinho com uma “caneta”, e tocou para Campaz que finalizou em cima de Rodrigo. Os jogadores do Grêmio pediram pênalti, mas o árbitro nada marcou. O Tricolor Gaúcho aumentava o volume de jogo, mas não ameaçava o goleiro Gustavo.

Aos 20 minutos, o técnico Cláudio Tencati mexeu três vezes para tentar melhorar o ritmo do Tigre, que caiu na partida. Aos 23 minutos, Arilson finalizou, de fora da area, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 25 minutos, Nicolas fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Villasanti que de peixinho cabeceou para boa defesa de Gustavo.

Aos 31 minutos do segundo tempo, após troca de passes, Renan Bressan bateu de fora da área, mas a bola subiu e saiu. Aos 34 minutos, Gabriel Silva bateu da entrada da área e Gustavo pegou. Os dois times estavam lentos e não conseguiam estabelecer uma pressão ao adversário. No minuto seguinte, Matheus Sarará cruzou da direita e Gabriel Silva finalizou pela linha de fundo. A bola tirou tinta da trave de Gustavo. Nos acréscimos, Nicolas deu um balão para a área, Diego Souza empurrou Gustavo e Gabriel Silva marcou o gol, mas o árbitro marcou falta no goleiro do Criciúma. Aos 50 minutos, Elias recebeu cruzamento, na segunda trave, livre, mas cabeceou para fora. No final, um 0 a 0 de pouca inspiração para ambos os lados e um ponto conquistado pelo Tigre em Porto Alegre.

Campeonato Brasileiro – Série B – 8ª Rodada

19/05 (quinta-feira) – 19 horas – Arena do Grêmio, em Porto Alegre

GRÊMIO

Brenno; Rodrigues (Campaz), Geromel, Bruno Alves e Nícolas; Villasanti (Fernando Henrique), Bitello e Lucas Silva (Matheus Sarará); Biel (Gabriel Silva), Diego Souza e Elkeson (Elias). Técnico: Roger Machado

CRICIÚMA

Gustavo; Claudinho (Cristovam), Rodrigo, Rayan e Marcelo Hermes; Leo Costa, Arilson, Fellipe Mateus (Rômulo) e Thiago Alagoano (Caio Dantas); Rafael Bilu (Eduardo Melo) e Hygor (Renan Bressan). Técnico: Cláudio Tencati

Arbitragem: Wilton Pereira Sampaio (GO); Auxiliares: Bruno Boschilia e Rafael Trombeta (ambos do PR)

GOLS: Não houve

Cartões Amarelos: Hygor, Gustavo, Fellipe Mateus e Caio Dantas (C); Lucas Silva (G)

Cartões Vermelhos: Não houve

Público: 10.824

Renda: R$ 354.112,00

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.