Tigre: Clube rumo aos 10 mil sócios

Para ser sócio, o torcedor deverá ir presencialmente à secretaria do clube com seus documentos pessoais ou fazer o cadastro on-line através do site sociocarvoeiro.com.br


- PUBLICIDADE -

Criciúma

Nesta semana, o Criciúma chegou a nove mil associados. A meta estabelecida pela diretoria é chegar a 10 mil sócios. Mesmo sem partidas no estádio Heriberto Hülse, os torcedores estão aderindo aos planos. O clube está com um valor limitado de R$ 60,00 na mensalidade para o sócio de arquibancada (Carvoeiro Ouro) e R$ 140,00 para as cadeiras (Carvoeiro Black). Ao conquistar o objetivo final, haverá um aumento significativo no valor das mensalidades.

- PUBLICIDADE -

Estudantes, idosos e aposentados pagarão R$ 42,00 no valor das mensalidades. Já o empresarial (para empresas com mais de 10 funcionários associados) irá pagar R$ 50,00. A promoção também mantém a possibilidade de adicionar dependentes. O valor de dependentes no plano Carvoeiro Ouro será de R$ 35,00 e no Carvoeiro Black por R$ 90,00.

Para ser sócio, o torcedor deverá ir presencialmente à secretaria do clube com seus documentos pessoais ou fazer o cadastro on-line através do site sociocarvoeiro.com.br, ou através do aplicativo oficial do Criciúma. “Seja sócio do Criciúma, assista aos jogos do Tigre no Majestoso e ainda participe do Clube Carvoeiro, um programa voltado a oferecer benefícios, descontos e vantagens especiais em estabelecimentos credenciados. Para participar basta ser associado e estar com sua mensalidade em dia. Para ter os descontos, o torcedor deverá se identificar no estabelecimento participante apresentando sua carteirinha de sócio juntamente com documento pessoal que a empresa concederá o benefício oferecido”, diz um comunicado no site do clube.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.