Tigre busca nova vitória fora de casa na Série B do Brasileiro

Diante do Náutico, hoje, a partir das 19 horas, Criciúma quer os três pontos para se aproximar ainda mais do G-4 da competição. Cláudio Tencati tem muitos desfalques no setor ofensivo da equipe carvoeira


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Recife/PE

- PUBLICIDADE -

O Tricolor Carvoeiro busca a terceira vitória, fora de casa, neste ano, hoje, diante do Náutico, às 19 horas, no estádio dos Aflitos, em Recife. Os outros dois triunfos, longe do Majestoso, aconteceram contra a Chapecoense, pela Série B do Brasileiro, e contra o Inter, de Lages, pela Segundona Estadual. Caso consiga os três pontos, novamente, o time treinado por Cláudio Tencati encostará no G-4 da competição. Atualmente, o Criciúma tem 19 pontos. O primeiro time dentro do grupo dos quatro promovidos para a Série A de 2023 é o Grêmio com 22 pontos.

Sem poder contar com Marquinhos Gabriel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo e também com um desconforto no músculo adutor da coxa, o técnico Cláudio Tencati deve optar pela entrada de mais um volante. Léo Costa, Marcos Serrato e, até mesmo, Renan Bressan são os favoritos para a vaga. “Daqui a pouco, temos a opção de adiantar o Fellipe Mateus e ter uma situação de três volantes, para jogos fora de casa. Uma marcação mais forte, com o Fellipe um pouco mais à frente com Lucas Xavier e Caio Dantas. O Fellipe já fez isso muito na Série C e em outros clubes. Ele sabe fazer isso. Então, vamos medir o que vai ficar favorável ou não”, diz o técnico Cláudio Tencati.

A baixa produtividade dos atacantes do Criciúma pode levar Tencati a começar a partida com Lucas Xavier, no lugar de Thiago Alagoano. “Não acho que seja pressão. Se estamos tendo dificuldades, é porque estamos criando. Na melhor hora, os gols vão começar a sair e a tranquilidade virá para saírem mais gols”, diz o atacante Lucas Xavier

Mesmo sem marcar gols, contra o Vila Nova, no sábado, Lucas agradou pela ofensividade. “É uma das minhas maiores características: me dedicar para a equipe e sempre procurar o espaço. Busco as tabelas com os companheiros, o espaço para fazer jogadas e finalizar”, diz o jogador.

Atacante ainda não tem presença garantida

Questionado se já teve a titularidade confirmada por Tencati, Lucas Xavier preferiu desconversar. “Essa pergunta quem tem que responder é o professor. Se ele decidir por mim, vou fazer o melhor para o Criciúma, mas também tenho certeza que nosso grupo é qualificado e quem ele escolher vai estar pronto e preparado para fazer o melhor”, comenta.

O rendimento no jogo contra o Vila Nova credencia o jogador à vaga. “Era uma oportunidade que eu estava esperando e trabalhando por ela. Essa resposta, eu tenho que deixar para o professor dar. Ele que decide. Nosso grupo é qualificado e a opção que ele escolher para sair jogando, eu creio que vai fazer o melhor para o Criciúma”, pontua Lucas.

Lucas Xavier ainda não se firmou como titular no Criciúma. Ele diz que isso se deve ao fato do elenco ser muito qualificado. “Em todas as posições têm atletas de boa qualidade, então, quem tiver jogando estará fazendo o melhor para o clube e a gente que está de fora torcerá para eles. Quem jogar também puxa a gente. Isso que faz a diferença no Criciúma: a união dos jogadores”, destaca.

Campeonato Brasileiro – Série B – 15ª Rodada

29/06 (quarta-feira) – 19 horas – estádio dos Aflitos, em Recife (PE)

NÁUTICO

Renan; Carlão, Bruno Bispo e João Paulo; Thássio, Richard Franco, Ralph, Junior Tavares e Pedro Vitor;  Geuvânio e Amarildo. Técnico: Roberto Fernandes

CRICIÚMA

Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Kadu Ribeiro (Rayan) e Marcelo Hermes; Rômulo, Arilson, Marcos Serrato (Renan Bressan ou Léo Costa) e Fellipe Mateus; Lucas Xavier e Caio Dantas. Técnico: Cláudio Tencati

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro. Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva e Tiago Gomes da Silva. (trio de GO). Árbitro do VAR: Emerson de Almeida Ferreira

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.