Tigre: Alagoano reencontra o Brusque

Ídolo no adversário de sábado do Criciúma, jogador mantém o respeito ao clube do Vale, mas reforça desejo de vitória carvoeira


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Maior artilheiro da história do Brusque, com 50 gols marcados, entre 2019 e 2021, Thiago Alagoano viverá um momento especial, no sábado, quando retornar ao Augusto Bauer. Com a camisa 10 do Criciúma, ele reencontrará o clube do Vale do Itajaí. Mantendo o respeito com o Quadricolor, o jogador reforça que buscará a vitória do Tigre no confronto válido pela 32ª rodada da Série B do Brasileiro. “Eu estou feliz por voltar lá. Quero fazer um bom jogo e, com todo o respeito aos meus companheiros que lá eu tinha, quero sair vencedor. Eu defendo as cores do Criciúma, mas com todo o respeito ao clube e aos jogadores que lá estão”, diz.

A situação complicada do Brusque, que corre contra o rebaixamento, é inversa à do Tigre, que pode confirmar a permanência na Série B do Brasileiro, para 2023, com uma vitória no sábado. Alagoano lamenta a situação do adversário, mas reforça que quer fazer história no Tricolor Carvoeiro. “É gratificante, para mim, saber que tenho uma história lá, fui feliz. Hoje, eu defendo as cores do Criciúma, onde quero fazer história também. Estou trabalhando para isso. Quero colocar o meu nome escrito aqui no Criciúma também. Infelizmente, o Brusque está vivendo esse momento”, comenta.

No primeiro turno, o Criciúma perdeu para o Brusque, em casa, porém, Thiago garante que a confiança, para o jogo de sábado, é a mesma. “Às vezes, as coisas não acontecem, em algum jogo ou outro, mas a gente nunca deixou de confiar em nosso trabalho e da comissão, do professor Tencati. Eles têm nos passado isso: nosso time tem boa qualidade, nosso elenco, na verdade. Então, nós sabíamos que as coisas iriam mudar”, destaca.

Ainda de olho no acesso para a Série A

A cinco pontos do Vasco, quarto colocado na classificação, o Criciúma ainda acredita no acesso para a Série A do Brasileirão em 2023. “Quando eu cheguei aqui, foi a primeira coisa que eu falei, na entrevista: que iríamos brigar para subir, no Catarinense, e sermos campeões, com todo respeito às outras equipes, e a mesma coisa eu falo no brasileiro. Onde tem a oportunidade, a chance e estando a cinco pontos do Vasco, isso nos deixa com mais confiança. É trabalhar jogo e jogo e confiante nesse acesso também”, pontua Thiago.

O camisa 10 destaca a força da Série B, neste ano, e a confiança no trabalho que está sendo desenvolvido no Criciúma.“ Nós temos um plantel com muita qualidade e isso está sendo mostrado dentro de campo. Claro que a Série B é uma competição muito difícil e tem várias equipes campeãs brasileiras da Série A, como Bahia, Vasco e Grêmio. Seria muito difícil, mas nós confiamos em nosso trabalho, em nosso potencial e, por isso, as coisas estão acontecendo”, comenta.

Mesmo de olho no acesso, Alagoano reforça que trabalha pensando “jogo a jogo”. “Nós temos o objetivo, que é a permanência na Série B e a sequência para o acesso. Tem a chance de concretizar a permanência e de subir. Então, nós temos que confiar em nosso trabalho, viver jogo a jogo, e sabemos que estamos a cinco pontos do Vasco. Vamos fazer o nosso melhor e as coisas vão acontecer, tenho certeza disso”, enfatiza.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.