Tencati segue pensando jogo a jogo

O treinador reforça a esperança no acesso, apesar da derrota em Goiânia


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Goiânia/GO

- PUBLICIDADE -

Foto: Celso da Luz/CEC

Mesmo com a derrota para o Vila Nova e as vitórias de Vasco e Sport, o técnico Cláudio Tencati acredita que nada está definido sobre os times que subirão para a Série A do Brasileirão em 2023. “Nós vamos jogo a jogo. Pensamos rodada a rodada. Não se resolveu hoje (ontem), tem muita coisa: cinco jogos, 15 pontos envolvidos. Ao mesmo tempo, temos o  planejamento, fora o acesso, de estar entre os 10 primeiros da Série B. Esse é um plano que vamos correr atrás. Claro que todo mundo dimensiona que está brigando pelo G-4, mas eu acho que não define nada hoje (ontem). Se ganhasse também não se definiria, apenas estaria próximo. Não se define nada, mesmo com a vitória do Vasco e do Sport. Ainda vai ter muito confronto interessante”, destaca.

Para Tencati, o Criciúma assustou o Vila Nova, foi melhor no primeiro tempo, mas caiu na etapa final. “Viemos com um planejamento e assustamos o Vila: marcamos alto, pressionamos e induzimos eles a errar. Tivemos inúmeras oportunidades de chute e chegamos mais. Eles chegaram apenas jogadas esporádicas de bola parada. Depois, cada treinador faz as suas correções. O time da casa se sente na obrigação de ir para o tudo ou nada. Então, eles melhoraram a atitude deles e nós diminuímos a nossa. Então, houve uma queda nossa de rendimento e um crescimento do Vila e não conseguimos sustentar.  A gente caiu de rendimento e paciência. Tem que aceitar isso”, pontua.

As mexidas demoraram para acontecer em virtude de uma dúvida em campo. “Demoramos para mexer, pois dois jogadores estavam sentindo e poderíamos ter que mudar. Não trocou, mas ficamos aguardando e isso não se definiu e atrapalhou um pouco”, explica.

O treinador reforça a esperança no acesso.“Aconteceu uma derrota que não queríamos, depois de oito jogos de uma sequência muito positiva que a equipe teve. Mas é manter firme, porque agora temos dois jogos em casa e jogar a responsabilidade nos outros. Se alguém escorregar, lá na frente, até a última rodada vamos ver o que acontece”, diz.

O Executivo de Futebol, Juliano Camargo, reforça a obrigação de vencer o Náutico, na sexta-feira, em casa.“A gente sabia que não seria fácil, o Vila está no G4 do returno. Agora é descansar e pensar em sexta-feira para fazer um bom jogo, quem sabe uma vitória, e voltar a pensar em uma colocação melhor. Tranquilidade e temos obrigação de ganhar dentro de casa. Vamos pensar jogo a jogo, não adianta fazer projeção. Não vamos pensar de forma diferente”, finaliza.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.