STU National em Criciúma abre calendário de campeonatos de Skate em 2022

Cidade catarinense receberá o evento de 13 a 23 de janeiro; Vários skatistas olímpicos, como Rayssa Leal, já estão confirmados


- PUBLICIDADE -

Se 2021 foi um ano emblemático para o Skate, com a entrada do esporte nos Jogos Olímpicos e uma estreia com três medalhas de prata para o Brasil, o ano de 2022 promete. Um calendário recheado de competições que já entra em cena na próxima semana, com a primeira etapa do STU National, em Criciúma. O evento acontece entre os dias 13 e 23 de janeiro, no Parque Municipal Prefeito Altair Guidi, local dos mais modernos do país para a prática do Skate.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A etapa de Criciúma abre o circuito brasileiro de Skate e vale pontuação máxima no ranking nacional. A primeira semana será dedicada ao Street e a segunda, ao Park, nas duas categorias (feminino e masculino). E seguirá todos os protocolos vigentes na cidade para a realização de um evento seguro. O STU National contará com um controle de entrada para o público, onde será exigido o cartão de vacinação. Pessoas não imunizadas não terão acesso. O mesmo procedimento será adotado com atletas e imprensa.

Vários atletas olímpicos já estão confirmados, como Rayssa Leal, Pedro Barros, Pâmela Rosa, Luizinho, Isadora Pacheco, Yndiara Asp, Dora Varella e Pedro Quintas. Além de Lucas Rabelo, vice-campeão mundial no Super Crown de Jacksonville, nos Estados Unidos, e medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos Júnior de Cali, na Colômbia. Sem falar em promissores talentos, como o catarinense Kalani Konig, 14 anos, que integra a seleção brasileira sub-15, e Gui Khury, de apenas 13 anos, mais jovem skatista, por exemplo, a completar a manobra 1.080 no vertical.

“Nossa parceria com o STU tem sido muito importante para a realização do Circuito Brasileiro de Park e Street nos últimos anos. E mantendo a tradição de promover eventos de alto nível técnico, integrando todo o lifestyle do skate à competição. Esses dois aspectos são vitais para a CBSk, nesse movimento de estruturação do skate institucional no Brasil. Agradecemos também à cidade de Criciúma por mais uma vez abrir esse espaço para sediar o evento que abre a temporada”, comentou Eduardo Musa, presidente da Confederação Brasileira de Skate.

Turismo esportivo em Criciúma

Seguindo a filosofia de que não é apenas skate no pé, mas estilo de vida, Criciúma tem investido intensamente para atrair os visitantes com uma variedade de parques e espaços culturais, fomentando o turismo esportivo. Foi a cidade catarinense que também abriu a temporada 2021 do Skate. A etapa é viabilizada pela Prefeitura através da Fundação Municipal de Esportes de Criciúma. Conta com patrocínio da Monster Energy e parceria da New Era, e a idealização e realização são da Rio de Negócios.

“São investimentos que projetam Criciúma no cenário do turismo nacional e abrem portas para que grandes eventos sejam realizados por aqui. Temos o prazer de sediar mais uma vez o STU National, com uma estrutura preparada para receber atletas e visitantes, e proporcionar boas experiências a quem vier prestigiar”, ressaltou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

Skate, cultura, turismo e movimentação da economia local. O idealizador da plataforma STU, Diogo Castelão, comemora a retomada do calendário nacional, agora totalmente presencial. “Após um ano mágico, temos todos trabalhado muito forte para que em 2022 o skate siga sua trajetória ascendente e se consolide cada vez mais em todo o país, pelo movimento criativo, plural e inclusivo que ele representa. Serão dois finais de semana incríveis com cobertura completa e alcance mundial. O Brasil certamente continuará sendo protagonista no skate mundial por muitos anos.”

O campeonato terá transmissão ao vivo nos canais oficiais do STU, no SporTV e na programação oficial do Verão Espetacular da TV Globo, com as finais do Street Feminino (16/01) e do Park Masculino (23/01). Mas o público que quiser acompanhar de perto cada manobra poderá solicitar seu ingresso gratuito na plataforma Sympla – basta acompanhar a divulgação das datas nas redes sociais.

PROGRAMAÇÃO:

  • Modalidade Street Feminino e Masculino

13/01 (quinta): Treinos oficiais

14/01 (sexta): Eliminatórias

15/01 (sábado): Semifinais

16/01 (domingo): Finais

  • Modalidade Park Feminino e Masculino

20/01 (quinta): Treinos oficiais

21/01 (sexta): Eliminatórias

22/01 (sábado): Semifinais

23/01 (domingo): Finais

Sobre a Plataforma STU

O STU celebra a essência do skate, promovendo as principais competições de Street e Park da América Latina e do mundo, com os maiores nomes da atualidade, estimulando o desenvolvimento de cenas nacionais da cultura urbana, e gerando um impacto socioeconômico positivo e transformador por todo o Brasil, por meio de ações de inclusão social e construção e reformas de pistas.

A plataforma iniciou em 2017 e explodiu em 2018, com a consolidação do circuito brasileiro de skate até a formação da seleção brasileira, em 2019. Um marco na história do esporte, potencializando esse novo momento de representatividade nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Em 2021, foi criado o STU On Tour, campeonato digital e presencial, que se tornou um grande sucesso e revelou novos talentos da cena nacional. E o ano se encerrou com o STU OPEN RIO, com cobertura ao vivo no Tik Tok e no SporTV. Sucesso que se refletiu na Web: mais de 3 bilhões de páginas visitadas com mídias sobre o evento.

Muito mais que esporte, o STU acredita que o skate é rua, música, arte e estilo de vida. Um conceito de valorização das mais diversas manifestações urbanas regionais, para garantir ainda mais visibilidade à cena da cultura local, encontrada nas cidades por onde os eventos passam.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.