- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Brusque

- PUBLICIDADE -

Fotos: Tiago Winter/CFC

Não foi a estreia que o torcedor do Próspera imaginava. O time perdeu por 1 a 0 para o Camboriú, na abertura do Campeonato Catarinense 2022, na tarde deste sábado, no estádio Augusto Bauer, em Brusque. O gol da partida foi marcado por Lucas Barboza, de cabeça, após cobrança de escanteio, aos 24 minutos do segundo tempo. A partida foi marcada pelo forte calor que fez no Vale e teve poucas chances claras de gols para ambos os lados. O time da casa acabou aproveitando uma rara oportunidade na etapa final. Agora, o Próspera enfrenta o Hercílio Luz, na quarta-feira, em busca da recuperação. A partida será no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. “Infelizmente, pecamos em uma bola parada. Precisamos ver o lance com calma para ver o que houve. Treinamos muito, mas erramos em uma jogada e o futebol não perdoa o erro. Jogamos bem, mas erramos e perdemos”, diz o zagueiro Lazio, ao final do jogo.

Logo no começo da partida, aos três minutos, Gabriel Henrique fez boa jogada, puxou para dentro, mas finalizou fraco. O Próspera tomou iniciativa da partida, mesmo jogando fora de casa. Dois minutos depois, o capitão Hiroshi, camisa 10, recebeu a bola, na saída de jogo errada do goleiro Gabriel Felix, e tocou para Marcelinho, que bateu pela linha de fundo. Com marcação adiantada, o Time da Raça começou o jogo dominando as ações. A primeira chance do Camboriú veio aos 10 minutos e foi perigosa: Juliano fez boa jogada e cruzou para Maicon Assis, livre, que desperdiçou a chance de abrir o placar. O camisa 10 do Cambura arrematou por cima da trave e perdeu a oportunidade. Aos 13 minutos, Juliano puxou Gabriel na entrada da área. Falta perigosa quase no bico da área pela esquerda. Hiroshi cobrou e a bola subiu.

O Próspera dominava a partida e tinha mais força ao chegar no ataque. Aos 20 minutos, Léo Campos cobrou escanteio e Japa afastou para o Próspera. Em virtude da alta temperatura, o jogo perdeu um pouco de velocidade na metade do primeiro tempo e passou a ser mais disputado pelo meio campo. Aos 26 minutos, Balotelli lançou para a área e Lucas Barboza cabeceou pela linha de fundo. Chegada do time da casa que foi desperdiçada. O Camboriú ameaçava com força no último terço do campo. Aos 28 minutos da primeira etapa, o árbitro fez a parada técnica em virtude do calor.

Aos 32 minutos, Gullithi arrematou, após a bola ser alçada para o interior da grande área, mas a bola saiu pela linha de fundo. Aos 33 minutos, Bessa cometeu a quarta falta, após levar o cartão amarelo, e teve a atenção chamada pelo árbitro. Falta perigosa para o Camboriú pela direita. Léo Campos bateu direto e Igor espalmou. Aos 36 minutos, Jefferson Maranhão finalizou com força e a bola saiu. O time da casa assumiu o domínio do jogo, enquanto o Time da Raça se assustou e tinha dificuldade para conter o avanço do time da casa. Aos 40 minutos, Hiroshi cobrou escanteio, Lazio cabeceou sozinho, mas a bola saiu pela linha de fundo. Nos acréscimos, Jefferson Maranhão recebeu a bola na linha da pequena área, mas o camisa 7 finalizou para fora. O primeiro tempo encerrou com o placar em branco.

Bola aérea define a partida

Com a temperatura baixando, as equipes voltaram com mais disposição na busca pelo gol. Aos sete minutos, Hiroshi recebeu de Marcelinho e bateu para o gol, mas a bola subiu e saiu pela linha de fundo. Aos nove minutos, Jorge Henrique, veterano, ex-Figueirense e Corinthians, entrou para estrear pelo Camboriú. Ele já arriscou de fora da área, logo na primeira tentativa. A partir daí, o jogo ficou mais truncado com muitas faltas.

Aos 17 minutos, Alex Bruno avançou e finalizou mal, pela linha de fundo. Ele tinha Hiroshi, Marcelinho e Gabriel Henrique em melhores condições, mas preferiu a jogada individual, deixando os companheiros na bronca. Aos 24 minutos, o time da casa abriu o placar: após cobrança de escanteio de Léo Campos,e Lucas Barboza desviou na primeira trave e completou para a rede. 1 a 0 para o Camboriú.

Aos 32 minutos, o mesmo Lucas Barboza invadiu a área e caiu, mas o árbitro nada marcou. Correu riscos, o jogador do Camboriú, que já tem cartão amarelo. Aos 34 minutos, o goleiro Igor errou a saída de bola, Matheus Lagoa ficou com a sobra, mas não conseguiu finalizar e desperdiçou a chance. Aos 36 minutos, Emerson Martins finalizou rasteiro, mas a bola saiu pela linha de fundo, com perigo ao goleiro Igor. Aos 43 minutos, Pedrinho recebeu sozinho na frente de Gabriel Felix, tentou encobrir o goleiro, mas a bola saiu e o Próspera perdeu a chance de empatar. No final, vitória do Camboriú na abertura do Campeonato Catarinense de 2022. “Faltou o gol. No segundo tempo, estávamos melhor, mas levamos o gol. Agora temos que trabalhar para recuperar o resultado negativo”, finaliza o atacante Gabriel Henrique.

Campeonato Catarinense – 1ª Rodada – Fase de classificação

22/01 (sábado) – 16h30min – estádio Augusto Bauer, em Brusque

Camboriú

Gabriel Felix; Lucas Barboza, Wesley Santos, Tetê e Léo Campos; Milton (Kekeu), Balotelli (Emerson Martins) e Maicon Assis (Matheus Lagoa); Jefferson Maranhão (Jorge Henrique), Bruno Mota e Juliano (Bruno Oliveira). Técnico: Luan Carlos

Próspera

Igor; Thainan (Carlinhos), Lazio, Gullithi e Foguinho (Nikolas); Japa (Beto), Bessa (Galiardo) e Hiroshi; Marcelinho (Pedrinho), Alex Bruno e Gabriel Henrique. Técnico: Emerson Cris

Arbitragem: William Machado Steffen; Auxiliares: Luciane Rodrigues dos Santos e Cristian Junges Delfino

GOL: Lucas Barboza (24/2T)

Cartões Amarelos: Bessa, Thainan e Galiardo (P); Bruno Mota, Wesley Santos,  Lucas Barboza  e Matheus Lagoa (C)

Cartões Vermelhos: Não houve

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.