Projeto para a base do Criciúma E.C tem nova edição aprovada

O projeto será executado com recursos do Ministério da Cidadania, através da Lei de Incentivo ao Esporte

Foto: Celso da Luz / Assessoria de Imprensa Criciúma E.C

- PUBLICIDADE -

Foi assinado na última semana, o termo de compromisso da sétima edição do Projeto de Treinamento e Competição de Atletas de Futebol Não Profissional, que liberou o valor de R$850.586,62 para atender as categorias pré-infantil, infantil, juvenil e júnior do Tigre. O projeto será executado com recursos do Ministério da Cidadania, através da Lei de Incentivo ao Esporte.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

“A diretoria está sempre muito empenhada na busca de projetos que envolvam o clube. Ser um clube formador está no DNA do Criciúma e o trabalho é feito para que tudo ocorra com transparência e sucesso”, destacou o vice-presidente financeiro do Criciúma, Valter Minotto.

Os atletas serão beneficiados com cuidados para se desenvolverem no esporte, através de um plano de treinamento para aprimorar as bases técnicas e com orientações e acompanhamento de nutricionista, médicos, fisioterapeuta, assistente social e psicólogo. A execução do projeto tem sete meses de duração.

“O Criciúma Esporte Clube é conhecido em todo país como grande formador de atletas. Assim, as principais metas são a formação de atletas de alto nível e colocar ao menos um deles na seleção brasileira de futebol, como já aconteceu em edições anteriores”, afirmou o advogado responsável pela elaboração e aprovação do projeto, Lucas Marcelo Braz.

O programa ainda tem a finalidade de contribuir para a formação social dos atletas, bem como o desenvolvimento sócio familiar através do trabalho assistencial.

*Via Criciúma Esporte Clube

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.