Praião: Hora de conhecer os finalistas

Semifinais entre E.C. Praia e Construtora Massiroli e Brasil Pedreira e Rui Barbosa acontecem neste domingo


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Balneário Rincão

- PUBLICIDADE -

Após uma pausa, no final de semana do carnaval, o Campeonato Regional de Futebol de Areia da Liga Atlética da Região Mineira (Larm) – Praião 2022 será retomado neste domingo com as disputas semifinais. Às 9 horas entrarão na arena o E.C. Praia / Antonio Colonetti Imóveis / Balneário Rincão contra o Construtora Massiroli / Treviso. Às 10h40min, será a vez de Brasil Pedreira / Balneário Rincão e Rui Barbosa / Morro da Fumaça disputarem uma vaga na final da competição.

No primeiro confronto, as equipes repetem a partida que encerrou a fase de classificação. No dia 12 de fevereiro, o Construtora Massiroli acabou levando a melhor sobre o Praia por 2 a 1 e confirmou a classificação. O time rinconense já tinha a vaga garantida nas semifinais. Marcel Emerim e Gui Praia são as grandes esperanças de gols da equipe de Balneário Rincão. Eles dividem a vice-artilharia da competição. O Massiroli é o atual campeão do Praião.

No segundo jogo do domingo, o Brasil Pedreira enfrenta o Rui Barbosa. Na primeira fase, o time de Morro da Fumaça levou a melhor por 1 a 0. A partida foi disputada na segunda rodada. Ramon Fraga marcou o gol do jogo. O Brasil conta com a boa fase de Neno para chegar à decisão. Ele é o atual artilheiro do Praião com cinco gols marcados em sete partidas disputadas.

Em caso de empate no tempo normal, a equipe classificada para a final será conhecida através dos pênaltis. A decisão está agendada para o domingo, dia 13, a partir das 10 horas. A decisão de terceiro lugar será um dia antes – no sábado, dia 12 – a partir das 15 horas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.