Criciúma joga para confirmar a classificação

Após levar susto, Tigre supera o Guarani, de Palhoça, por 3 a 1, na sexta-feira, e pode perder por até dois gols de diferença, hoje, a partir das 20 horas, que seguirá para as semifinais da Série B do Catarinense


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O Tricolor Carvoeiro entra em campo, hoje, a partir das 20 horas, para confirmar a vaga nas semifinais da Série B do Catarinense. Após bater o Guarani, de Palhoça, fora de casa, na sexta-feira, por 3 a 1, a equipe pode perder por até dois gols de diferença que garantirá a vaga no confronto que será disputado no Majestoso.

Para o zagueiro Rayan, apesar da vantagem, o time deve ter atenção e cuidado na partida desta noite. O objetivo é vencer para comemorar a classificação com a torcida. “Nós sabemos que temos a vantagem, mas futebol faz com que a gente sempre tome cuidado, porque tudo pode acontecer. Querendo ou não, estamos em nossa casa e queremos conquistar a vitória para a nossa torcida. Então, vamos entrar focados e sérios para conseguir a vitória”, diz.

O jogador ressalta que não há chances do time entrar em campo acomodado. Isso por se tratar de uma decisão. “Nessas situações, não tem acomodação. A gente sabe que é um jogo decisivo e, querendo ou não, é um mata-mata. A gente tem que minar tudo o que pode acontecer. Para minar, temos que colocar o nosso jogo em prática, com intensidade, para sair com a vitória”, pontua.

A palavra de ordem, hoje, no Majestoso é seriedade. “Não podemos entrar em campo pensando na vantagem. Vamos fazer o nosso jogo para garantir a vitória e a vaga para a próxima fase”, enfatiza o jogador.

Sem receio de uma nova expulsão

Até a partida diante do Brusque, pela Série B do Brasileiro, Rayan vinha aparecendo como titular do time de Cláudio Tencati. Porém, naquele jogo, ele foi expulso e acabou perdendo espaço no time. O atleta diz que a situação já foi comentada internamente. “A gente tratou disso: eu vi o lance. Foi um lance atípico que ocorreu e, com certeza, não vai se repetir”, diz.

O jogador afirma que não mudará a forma de atuar, até porque não tem histórico de expulsões na carreira. “Entro como eu sempre entrei. Meu histórico de jogos mostra que não tenho expulsões no currículo. Eu acredito que foi uma fatalidade que aconteceu no jogo. Agora é focar na partida desta segunda”, enfatiza.

Rayan destaca que, uma boa atuação no Catarinense, pode reabrir espaço no time que atua no Brasileirão. “Com certeza. Fazendo um bom jogo, um bom campeonato, abre portas, sim”, ressalta.

Campeonato Catarinense – Série B – Quartas de final – Jogo de Volta

Segunda-feira (08/08) – 20 horas – estádio Heriberto Hülse, em Criciúma

CRICIÚMA

Alisson; Kaik, Rayan, Jackson e Guilherme Silva; Eliel (Marcos Serrato), Vinícius Tsumita e Alexandre Tam; Gui Azevedo, Fernando Viana e Adriano. Técnico: Cláudio Tencati

GUARANI

Jonathan Aguiar; Gustavo Alexandre, Guilherme Olavo, Pavani e Juninho; Heryck Vieira, Kendy e João Gabriel; Bruno Henrique, Brayan Krüger e Igor Paim. Técnico: Luis Carlos Cruz

Arbitragem: Rodrigo Dalonso Ferreira; Auxiliares: Alex dos Santos e Johnny Barros de Oliveira

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.