Com casa cheia, Tigre recebe o líder da Série B

Criciúma faz, nesta sexta-feira, diante do Cruzeiro, a partida mais importante do ano, até o momento. Previsão é que o Majestoso receba o maior público dos últimos anos com, aproximadamente, 18 mil torcedores


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Criciúma

- PUBLICIDADE -

O clima é de decisão para a partida desta sexta-feira, a partir das 21h30min, entre Criciúma e Cruzeiro, pela 9ª rodada da Série B do Brasileiro. Empolgada com o acesso para a Série B deste ano e com a administração da atual diretoria, a torcida carvoeira estará presente em peso ao Majestoso. O clube possui quase 14 mil sócios, além disso existem os 10% destinados ao visitante. Menores e aposentados também tem privilégios para entrarem no estádio. Desta forma, a previsão da diretoria é para o maior público dos últimos anos no Majestoso. “Pode colocar aí: vai, realmente, lotar o estádio. Vai ser o recorde de um clube de Santa Catarina no ano de 2022”, diz o presidente do clube, Anselmo Freitas.

Desde que foi rebaixado para a Série B do Brasileiro, em 2015, o maior público recebido pelo estádio Heriberto Hülse foi de 14.041 em 8 de setembro daquele ano. Na ocasião, o Criciúma perdeu para o Vitória por 3 a 2. A diretoria da época, ainda liderada por Antenor Angeloni, em transição para Jaime Dal Farra, fez uma forte promoção no preço dos ingressos e vinculou a compra de produtos para dar desconto no valor das entradas. Desta forma, o público compareceu em peso ao Heriberto Hülse.

Entre 2011 e 2014, foram várias as oportunidades que o público passou de 15 mil torcedores nas arquibancadas do Majestoso. A partida mais emblemática foi diante do São Paulo, em primeiro de dezembro de 2013. “O jogo da permanência” na Série A levou 18.539 pessoas ao Heriberto Hülse. Com um gol de Wellington Paulista, o Tigre bateu os paulistas e ficou na Primeira Divisão do Brasileirão.

Nos anos 80 e 90, quando não havia a determinação do estatuto do torcedor, o Majestoso chegou a receber mais de 20 mil pessoas. É importante salientar que, depois de restrições de segurança, a capacidade oficial do Heriberto Hülse ficou restrita a 19.925 torcedores.

Nesta temporada, diante do Sport, foram 11.018 torcedores presentes.“Mais uma vez, eu tenho certeza que vamos contar com a força do nosso torcedor. A nação carvoeira vai lotar o Heriberto Hülse, mais uma vez, vai fazer uma grande festa e vamos juntos para mais um jogo disputado. Será um jogo grande, difícil, mas que, com a ajuda do torcedor, vamos conseguir comemorar uma grande vitória”, afirma o goleiro Gustavo.

Marquinhos Gabriel deve voltar ao time

Recuperado de lesão, o meia Marquinhos Gabriel está cotado para começar a partida. Ele trabalhou durante a semana e fica como opção ao técnico Cláudio Tencati. Sem Hygor, suspenso, e Tiago Marques, com entorse no joelho, Thiago Alagoano deve atuar mais avançado, ao lado de Rafael Bilú.

O zagueiro Rodrigo chegou a ser poupado de alguns trabalhos, mas começará o confronto. O defensor Zé Marcos continua fora, com lesão no músculo posterior da coxa direita, assim, Rayan começa a partida.

Campeonato Brasileiro – Série B – 9ª Rodada

27/05 (sexta-feira) – 21h30min – estádio Heriberto Hülse, em Criciúma

CRICIÚMA

Gustavo; Claudinho, Rodrigo, Rayan e Marcelo Hermes; Léo Costa, Arilson, Fellipe Mateus e Marquinhos Gabriel; Rafael Bilú e Thiago Alagoano. Técnico: Cláudio Tencati

CRUZEIRO

Rafael Cabral; Geovane Jesus, Lucas Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Rômulo, Willian Oliveira e Neto Moura; Luvannor, Jajá e Edu. Técnico: Paulo Pezzolano

Arbitragem: Paulo Roberto Alves Júnior; Auxiliares: Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos (trio do PR)

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.