Catarinense de Xadrez Rápido: Criciumenses conquistam segunda colocação

Equipe somou 44 pontos, ficando atrás apenas de Orleans, por meio ponto

Foto: Divulgação/FME

- PUBLICIDADE -

O fim de semana foi de conquistas para o xadrez de Criciúma. Os atletas da FME Criciúma foram vice-campeões da 6ª etapa do Circuito Catarinense de Xadrez Rápido. As partidas foram disputadas neste último sábado (1) em Orleans, com a participação de 139 atletas do estado.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Com uma delegação composta por 32 enxadristas a equipe FME Criciúma/ACX-Criciúma/Unesc/Librelato/Nações Shopping fez bonito e com o somatório de 44 pontos, conquistou o troféu eficiência de 2° lugar geral, ficando atrás de Lages que somou 44,5.

“Faltou muito pouco para o título geral da 6ª etapa. O circuito Catarinense é um torneio voltado para a categoria de base de cada município e estamos orgulhosos com o desempenho da equipe”, destaca o coordenador da modalidade de xadrez, Claudionor Pirola.

O presidente da FME, Neto Uggioni, parabenizou o desempenho. “Ficamos muito felizes com esta segunda colocação, por muito pouco não fomos os primeiros. Parabéns aos nossos enxadristas e professores pela conquista”.

Criciúma também obteve medalhas individuais com os atletas:

– Kathie Goulart Librelato: 2º lugar geral (Divisão principal)

– João Vinícius Peruchi W.: 1º lugar sub-18 (Divisão principal)

– Kaiki Pereira Mariano: 2º lugar sub-16 (Divisão principal)

– Maria Clara Senger: 2º lugar sub-18 feminino (Divisão principal)

– Clara Dias: 1º lugar sub-14 feminino (Divisão principal)

– Larissa D’agostin Nascimento: 3º lugar sub-12 feminino (Divisão escolar)

– Bryan da Silva Figueiredo: campeão sub-08 (Divisão escolar)

Foto: Divulgação/FME
Foto: Divulgação/FME
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.