A hora da verdade para o Tigre na Série B Estadual

Equipe começa a disputa das quartas de final, na Segundona do Catarinense, diante do Guarani, em Palhoça, nesta sexta-feira à tarde. Intenção é vencer o adversário e encaminhar a classificação


- PUBLICIDADE -

Tiago Monte

Palhoça

- PUBLICIDADE -

Em meio aos jogos válidos pela Série B do Brasileiro, o Criciúma decidirá o futuro na Série B Estadual, diante do Guarani, de Palhoça. A partida de ida, nas quartas de final da competição, acontece nesta sexta-feira, a partir das 15 horas. A intenção da diretoria e comissão técnica do Criciúma é obter uma vitória, de preferência elástica, para ter mais tranquilidade no jogo de volta.

Para o volante Gustavo Cazonatti, as partidas serão encaradas com a mesma seriedade das disputas nacionais. “Tem que encarar como qualquer outro jogo: seja de Série B ou de Segunda Divisão do Catarinense. A gente tem que entrar focado e buscar sempre a vitória”, ressalta.

O confronto de volta está agendado para segunda-feira, dia 8, no estádio Heriberto Hülse. Por se tratar de um mata-mata, Cazonatti acredita que o Criciúma precisa estar mais atento aos detalhes. “Temos que entrar focados. Mata-mata é mais complicado. Resolvido em detalhes. A gente sabe que são dois jogos difíceis e se resolvem em detalhes. Do outro lado, tem uma equipe muito qualificada também, mas temos que entrar para vencer”, reforça o jogador.

Cláudio Tencati terá trabalho para montar o time

Com desfalques na lateral direita, o técnico Cláudio Tencati terá que improvisar no setor. Cristovam e Claudinho estão lesionados. Assim, um volante deve atuar na função. Renan Areias jogou contra o Sport e pode ser preservado. Com Rômulo e Arilson lesionados, Marcos Serrato é outra das poucas opções. Gustavo Cazonatti nunca atuou no setor, mas deixa a decisão para Tencati. “Nunca fiz um jogo oficial pela lateral-direita. Já treinei ali. Mas isso a gente deixa para o professor Tencati”, diz.

Uma aposta no jovem Kaik, que começou o confronto contra o Tubarão, pode ser a saída para o treinador. Uma possibilidade mais remota é colocar Marcelo Hermes ou Helder na função. “Vamos planejar, verificar o estado de cada atleta no processo de recuperação. Levaremos a campo, na sexta-feira, o que o Criciúma tiver de melhor para que a gente possa buscar o objetivo, que é o acesso para a Primeira Divisão Estadual”, explica o treinador.

O jovem jogador, contratado junto ao Tombense, diz que está bem adaptado ao elenco carvoeiro. “Eu já estava a um mês treinando, antes da estreia, estava muito bem adaptado. Fui bem recebido pelos companheiros, então a chegada foi fácil”, comenta Gustavo Cazonatti. “A adaptação vem sendo tranquila, estou sendo muito bem recebido pelo grupo e por todos o estafe. Agora é continuar esse trabalho para conquistarmos nossos objetivos”, completa.

Campeonato Catarinense – Série B – Quartas de final – Jogo de Ida

Sexta-feira (05/08) – 15 horas – estádio Renato Silveira, em Palhoça

GUARANI

Jonathan Aguiar; Gustavo Alexandre, Guilherme Olavo, Pavani e André Carlot; Heryck Vieira, Kendy e João Gabriel; Bruno Henrique, Brayan Krüger e Igor Paim. Técnico: Luis Carlos Cruz

CRICIÚMA

Alisson; Kayk (Marcos Serrato), Rodrigo, Rayan e Marcelo Hermes; Léo Costa, Gustavo Cazonatti e Marquinhos Gabriel; Thiago Alagoano, Fernando Viana e Lucas Poletto. Técnico: Cláudio Tencati

Árbitro: Cinésio Mendes Júnior. Auxiliares: Henrique Neu Ribeiro e André Eduardo da Silveira

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.