Mercado de trabalho brasileiro e angolano recebem novos profissionais

A formatura dos 58 acadêmicos graduados nas áreas de arquitetura, engenharias e design ocorreu no auditório Ruy Hulse

Fotos: Unesc

- PUBLICIDADE -

A Unesc realizou na noite desta quarta-feira, 27, mais uma formatura no auditório Ruy Hülse. Aparentemente todas as colações de grau são iguais, mas cada uma tem a sua particularidade. Seja na emoção da conquista, no choro de felicidade, na alegria do sonho realizado. Mas, uma cena marcante da noite foi na hora dos graduados receberem o abraço da presidente da cerimônia, reitora e paraninfa da turma, Luciane Bisognin Ceretta.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Como é cantado na atual campanha publicitária da Universidade, “Abrace o Sul com a Unesc”, onde em seus versos, a música convida a todos para fazer algo maior.  “Um abraço aproxima, um abraço une a gente. Realmente sem a união é difícil vencer os desafios da vida. O sentimento de fazer parte de algo maior”, este é o júbilo de todos que chegaram até a conclusão do curso. Cada um traz a esperança de fazer muito mais para si, para a sua família e à sociedade. ‘Um abraço torna um mundo melhor’. A noite foi de receber vários abraços, abraços dos pais, dos irmãos, da família, dos amigos e dos professores. Este momento é o do reconhecimento, da luta travada nos últimos anos em busca do sonho, da carreira profissional e da realização pessoal. E a melodia segue instigando a prática da solidariedade”, comentou a reitora.

Nesta noite de colação de grau especial, a Unesc diplomou mais 58 novos profissionais em Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Design de Produto, Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Civil, Engenharia de Agrimensura e Cartográfica, Engenharia de Materiais, Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Química e Tecnologia em Design de Moda.

Atualizando conhecimento

Rosalino Perego, um dos graduandos do curso de Engenharia Civil, já é empresário no ramo da construção civil. Depois de muito tempo de ter concluído o curso Técnico em Edificações, resolveu buscar aos 55 anos a formação universitária.  “Eu me formei técnico, mas sempre tinha em mente um dia cursar Engenharia Civil. É uma satisfação e também um aprendizado, porque ingressar numa universidade sempre se aprende coisas novas, tem novos materiais que vem, você se atualiza. Eu senti a necessidade de fazer o curso e com 55 anos comecei minha trajetória aqui na Unesc. Hoje estou com 61 anos e realizando um sonho. Fechou uma fase, mas pretendo continuar me aperfeiçoando, pois, o mercado é exigente. Não posso dizer que esse é o último curso, quem sabe mais para a frente faço uma especialização em uma outra área”, explicou.

Formação bilateral Brasil/Angola

A formatura foi especial e também internacional. Angola vai receber em breve mais dois quatro graduados em Engenharia Ambiental e Sanitária, Engenharia Química e Ciências da Computação. Para o recém diplomado em Engenharia Ambiental e Sanitária, João Bembele Barros Ngoma, foi muito gratificante estudar na Unesc. “Bom, me formando pela Unesc é uma grande alegria. Vim para cá com o propósito de estudar e realmente alcancei o meu objetivo. Agora posso me considerar como bacharel em Engenharia Ambiental e Sanitária. Depois da formação, eu pretendo voltar para a minha terra natal, para poder exercer a minha função. Me formar com os meus companheiros, irmãos, amigos do meu País é uma grande honra, porque visto que juntos temos compartilhados vários momentos, os bons e ruins e nesses momentos nós acabamos alcançando nossos objetivos, sempre focado naquilo que nos trouxe cá”, comentou.

Formandos Angolanos:

João Benbele Barros Ngoma – Engenharia Ambiental e Sanitária

Jessica Graça Finda Ngonda – Engenharia Química

Breno Francisco Rafael Pombo – Ciências da Computação

Elizabete Sacacala Adelino – Ciências da Computação

Vitória de todos

Em seu discurso, representando todos os graduandos e graduandas, a oradora Larissa Uggioni Costa, destacou a importância da convivência universitária. Dos momentos alegres e dos perrengues nos anos da graduação.  “Mais um ciclo que se encerra, para que outros possam começar em nossas vidas. Nós, formandos que aqui estamos, sabemos das lutas que tivemos de vencer, das renúncias que foram necessárias, de cada segundo dedicado aos estudos, os desafios que surgiram por uma pandemia repleta de incertezas, em que tivemos que reinventar, perdemos pessoas queridas, abdicamos de algumas horas de sono e momentos de lazer. Cada um sabe dos obstáculos e das alegrias que passou para poder chegar até aqui”, relatou.

Com um sorriso no rosto, braços abertos, a reitora, paraninfa e presidente da cerimônia, Luciane Bisognin Ceretta, cumprimentou carinhosamente e calorosamente todos os graduandos e graduandas. Em cada abraço, ao pé do ouvido, sempre um conselho, uma palavra de incentivo e um agradecimento. Todo esse momento foi traduzido em palavras no seu pronunciamento. “Vocês nossos estudantes, agora profissionais, nos são a cada um de nós professores e professoras inspiração diária para o trabalho que cotidianamente realizamos. Os nossos legados aqui na Unesc, uma Universidade Comunitária, são sempre coletivos e não são projetos individuais. Esse legado coletivo, tem em vocês a nossa principal inspiração”, destacou.

A paraninfa ainda enviou uma mensagem de carinho aos angolanos e angolanas que se formaram nesta noite. “Quero dizer também da honra de colar grau destes angolanos e angolanas que retornaram ao seu País de origem e seguramente transformaram aqueles locais por onde eles passarão. Pelo ensino de excelência, mas, pelo convívio do ambiente da nossa Unesc. Desejamos a vocês especial sucesso por lá e sempre retornem a essa Universidade, que sempre vós acolhereis. Desejo boa sorte a vocês”, finalizou.

*Via Unesc

Foto: Unesc
Foto: Unesc
Foto: Unesc
-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.