Luciane Ceretta toma posse no Conselho Nacional de Educação

O ministro da Educação, Victor Godoy, desejou sucesso aos novos componentes do Conselho

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

A reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta, tomou posse no Conselho Nacional de Educação (CNE), na tarde desta última quinta-feira, 10, durante sessão remota que contou com a presença de diversas autoridades e que foi comandada pelo ministro da Educação, Victor Godoy.

> Clique e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A nomeação de Luciane, que já compõem o Conselho Estadual de Educação, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), nesta semana.

“É um privilégio estar ao lado dos demais conselheiros para contribuir com as políticas e diretrizes da educação brasileira. Contem com o meu compromisso na condução dos trabalhos que me forem confiados. A minha experiência como reitora de uma Universidade Comunitária, como conselheira Estadual de Educação, pesquisadora e vice-presidente da Acafe, permitirão que eu contribua muito com o Conselho. Reforço o meu compromisso com as universidades comunitárias e desejo sucesso aos novos conselheiros nesta caminhada”, enfatiza Luciane.

O ministro da Educação, Victor Godoy, desejou sucesso aos novos componentes do Conselho. “Parabenizo todos os conselheiros. É uma composição técnica, com profissionais que trabalham com educação, dando muitas contribuições. Os desafios são muitos, tanto na Educação Básica quanto no Ensino Superior. Desejo sucesso e digo que todos terão um grande trabalho pela frente”, destaca.

No dia 1º de dezembro a reitora da Unesc toma posse na presidência da Acafe no lugar do Reitor da Unoesc, Aristides Cimadon. O cargo de vice-presidente será ocupado pelo reitor da Uniplac, Kaio Amarante.  Desde julho, a Luciane também ocupa uma das cadeiras do Conselho Estadual de Educação (CEE), onde permanecerá pelos próximos seis anos.

O Conselho

O Conselho Nacional de Educação tem como atribuições subsidiar a elaboração e acompanhar a execução do Plano Estadual de Educação; propor e aprovar medidas que garantam a qualidade do ensino; sugerir alterações das leis que regem o Sistema Estadual de Educação de Santa Catarina; e opinar sobre o plano anual de novas oportunidades educacionais da rede estadual de educação.

*Via Unesc

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.