Escolas fazem programação especial para comemorar Dia dos Avós

Alunos, professores e diretoras prepararam uma semana de atividades voltadas à data

Fotos: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Eles fortalecem o vínculo familiar, dando amor, proteção e muito cuidado aos netos. Os avós ajudam, muitas vezes, os pais a ouvir e traduzir o que a criança quer, dando todo o suporte necessário e passando experiência. O Dia dos Avós é celebrado no dia 26, mas ao longo da semana as instituições de educação infantil de Cocal do Sul estão trabalhando esse tema com as crianças, desenvolvendo atividades diferenciadas para homenageá-los.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Essa é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Educação. “Relembrar, cuidar e viver, valorizar e respeitar nunca é demais; foi sugerido como tema a ser desenvolvido nas Instituições de Educação Infantil com o intuito de valorizar a melhor idade bem como resgatar histórias, cantigas e receitas, além de tudo sempre cuidar e respeitar a todos”, explica a coordenadora pedagógica da educação infantil, Fabiani Tártari.

O barco que virou balanço

Na Instituição de Educação Infantil Fernando Fáveri – Pequeno Príncipe, os avós visitaram a escola junto ao netos e tiveram uma manhã diferente. Além de um delicioso café da manhã e vários cenários para bater fotos, foi realizada a inauguração de um “barco balanço”, que foi construído pelo senhor Manuel Oliveira Fernandes e doado à instituição. Ele fez uma roda de conversa com os avós, crianças e professores sobre a história do barco em um momento lúdico.

Além disso, as crianças também prepararam, junto às merendeiras, bolachas caseiras. A ideia era oferecer uma lembrancinha preparada pelos próprios netos, que entregaram chás além das bolachas. “Dentro das salas de aula, as crianças trabalharam a valorização da pessoa idosa e família; agradecemos a parceria com a Prefeitura por meio da Secretaria de Educação, além de toda a família sempre presente”, comenta a diretora Denise Leopoldo.

Muita música e diversão

Já na Instituição de Educação Infantil Zilda Búrigo Bosa, com o objetivo de resgatar valores importantes para o desenvolvimento infantil, promoveu uma tarde divertida com os avós junto aos netos, que confeccionaram bolachas juntos, brincaram e compartilharam música. Um dos avós levou uma sanfona e cantou com a ajuda dos pequenos.

Os trabalhos criativos contaram com a participação da professora Gisele e a estagiária Nalanda. “As pessoas de mais idade e as crianças possuem uma semelhança muito linda, que é o amor, a simplicidade e a pureza de suas vivências e das suas experiências”, enfatiza a professora.

Tarde de apresentações

Através da sequência didática “Valorizar e Respeitar nunca é demais” a I.E.I. Maria de Lourdes Carara também homenageou a todos os avôs e avós que estão presentes na vida das crianças. “Resgatando assim, um momento de lazer com músicas e apresentações da turma do Nível III da professora Rosana e a turma do Nivel V da professora Barbara, e finalizando a festa ao som do gaiteiro Genésio Mazzon”, conta a diretora da instituição, Anne Meiry da Silva.

Comida da vovó

A I.E.I Recanto Feliz usou da criatividade para unir os netos aos avós em uma atividade de receitas. Todos sabem que a comida da vovó é diferente e os netos amam. Pensando nisso, a escola irá preparar um livro de receitas da vovó. As crianças estão fazendo a receita em casa com os avós e enviando fotos para a montagem dos livros.

Brincadeiras antigas

Na IEI l Octávia Búrigo Gaidzinski “Morada da Alegria” as crianças encaminharam fotos praticando atividades, brincadeiras, fazendo receitas e passando um tempo com os avós, que foram colocadas em um mural. Além disso, as crianças do nível III B estão trabalhando brinquedos e brincadeiras antigas, da época dos avós. Pensando nisso, a instituição convidou a avó de um dos alunos para falar sobre o assunto e ensinar como se fazia peteca.

Baú Secreto da Vovó

As histórias contribuem para que a criança entre em contato com diversos modos de ver e sentir o mundo. É também contando e ouvindo histórias que se pode resgatar memórias culturais e afetivas, fundamentais para descobrir quem somos e como lidamos com os outros. Por isso, a turma do Nível V-B da Instituição de Educação Infantil Maximiliano Gaidzinski “Os Amigos” visitou a casa de Miguel Candiotto Bosa, onde sua avó os recebeu e contou uma história para o grupo.

“Foi uma experiência muito linda e significativa de troca e aprendizagem para nossas crianças, ouvimos em sala de aula a história O Baú Secreto da Vovó, de Heloisa Prieto, onde a avó mostra para sua neta vários objetos, contando suas histórias”, comenta a professora Sandra Bez Bati Pessi. Além de Sandra, a professora Rita de Cássia Antero Daniel também atuou nas atividades. As crianças também levaram para a escola objetos dos pais e avós contando suas histórias.

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.