“Um soco no queixo”, diz Hélio Costa sobre corte de R$ 43,2 milhões

A redução de recursos no orçamento para o Estado este ano atinge as obras da BR-101 em Araranguá

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

O deputado federal Hélio Costa chamou de “soco no queixo” o corte de R$ 43,2 milhões do Governo Federal que atingiu o orçamento 2022 para as rodovias catarinenses. Durante a reunião do Fórum Parlamentar Catarinense com o DNIT nesta terça-feira, 25, ele criticou a medida que traz prejuízos ao Estado de Santa Catarina.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

“Pra mim não é um tapa na cara, é um soco no queixo, aquele que derruba. Não é possível que o nosso Estado tenha mais um corte prejudicando o andamento das obras nas BRs. A gente vai ficando cansado com tanto descaso com a nossa gente que produz, paga impostos e não tem retorno”, disse.

O parlamentar relembrou que não é a primeira vez que isso acontece. “O Governo está devendo, tem feito cortes inesperados. Aconteceu de novo, não é a primeira vez e muito menos a última. É preciso ter um pouco mais de respeito com Santa Catarina”, finalizou.

A redução de recursos no orçamento para o Estado este ano atinge as obras da BR-101 em Araranguá (R$ 20 milhões), da BR-470 entre Navegantes e Rio do Sul (R$ 18 milhões), da BR-280 entre Jaraguá do Sul e Porto União (R$ 4,2 milhões) e da BR-163 entre Itapiranga e Guaíra (R$ 859 mil).

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.