Preço dos ovos de Páscoa surpreende criciumenses

Acréscimo dos valores é de até 15% em relação ao ano passado. Consumidores têm optado por produzir em casa ou comprar produtos similares

Foto: Nilton Alves / TN

- PUBLICIDADE -

A Páscoa está chegando e junto dela a tradição dos ovos de chocolate. Os preços dos produtos que já estão disponíveis para a venda nos supermercados de Criciúma e região têm assustado os consumidores. Os valores variam entre cerca de R$ 28 e R$ 76, dependendo de tamanhos e marcas, um aumento de até 15% em relação a 2021. Neste ano, a data será comemorada no dia 17 de abril.

Conforme Ricardo Althoff, presidente da Associação Catarinense de Supermercados (Acats) Regional Sul, o aumento de preços é resultado do impacto na inflação. “Tivemos acréscimo no valor do cacau, assim como no papel alumínio que está presente no item, sem contar o diesel que interfere no frete de todos os produtos, em especial do ovo pascoal que tem um volume grande e custa mais caro para transportar”, destacou.

- PUBLICIDADE -

A criciumense Rosângela Cardoso Dalló, de 59 anos, pesquisou os preços nos supermercados e desistiu de presentear o neto com um ovo de chocolate na Páscoa. “Os preços estão muito altos, vale mais a pena comprar um brinquedo e outros tipos de chocolate para dar junto. Ano passado já estavam caros, mas ainda optei por comprar, só que esse ano ultrapassou do normal e não dá coragem”, desabafou.

Tradição

Já Eduardo Dalló, de 30 anos, quis manter a tradição e comprou um ovo de Páscoa para a namorada. Médico e natural de Criciúma, ele relata não ver grandes vantagens no custo-benefício, mas ainda sim representa o símbolo da data. “Como não tenho filhos e sobrinhos, fica mais fácil. Acabei comprando um para dar pra minha parceira, mas vai ser o único também”, apontou.

Segundo Althoff, é perceptível notar que muitas pessoas já optam por comprar caixa de bombom ou barra de chocolate no lugar do ovo de Páscoa. Mas ainda assim, a expectativa de venda para esse ano é positiva, pois os casos da pandemia do coronavíurs estabilizaram, dando maiores chances para as reuniões de família.

Produção própria

A produção dos próprios ovos de chocolate pode ser uma alternativa para aqueles que querem seguir a tradição, mas não têm condições financeiras de comprar o item. E, até mesmo para pessoas que procuram melhor custo-beneficio. Um ovo de chocolate ao leite de 350g, por exemplo, pode custar em média R$ 15, se produzido em casa.

De acordo com Felipe Gaspar, representante comercial de uma distribuidora varejista e atacadista, no bairro Santo Antônio, nos últimos três anos a procura por produtos para produção caseira dos ovos de Páscoa tem aumentado. “Essa busca acontece muito por parte das famílias mesmo, que querem produzir para dar de presente para os filhos, por exemplo,”, destacou.

Leia a matéria completa na página 15

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.