Forquilhinha lança Cartão Social para às famílias de vulnerabilidade

O município é pioneiro em utilizar esse formato de benefício famílias de vulnerabilidade, substituindo cestas básicas

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

O Governo de Forquilhinha, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social lança a partir desta quinta-feira (22/09), o cartão social, que irá substituir as cestas básicas. O município será pioneiro a utilizar o benefício eventual de auxílio alimentação em formato de cartão, para a compra exclusiva aquisição de gêneros alimentícios e produtos de higiene e limpeza em estabelecimentos comerciais cadastrados no município.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

O benefício será liberado para as famílias de vulnerabilidade atendidas com o critério de renda per capita familiar máxima de 1/2 salário mínimo, levando em conta todos os integrantes da família.

De acordo com a assistente social, Sirlene dos Santos Francisco, o auxílio alimentação é um benefício eventual previsto na Política de Assistência Social e consiste no fornecimento de alimentação saudável e de qualidade às famílias em situação de vulnerabilidade temporária. “Com o cartão os beneficiários terão autonomia de escolher os produtos que necessitam e com possibilidade de comprar outros itens como produtos de higiene pessoal e limpeza que não eram ofertados. Além da dignidade, respeito em ser recebido como um cliente, contribuir com a economia local, porque agora o dinheiro fica na cidade, ajudando também na geração de emprego”.

Como se cadastrar

As pessoas que necessitarem deste benefício eventual, devem procurar a unidade do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social, localizado na Rua João Pedro Saturno, bairro Saturno, para agendamento. E as famílias que já tem a solicitação de benefício eventual de auxílio-alimentação devem aguardar o contato dos técnicos da SAS sobre a data para o atendimento.

“É a partir do atendimento técnico que será concedido o benefício para quem estiver enquadrado nos critérios. Vale ressaltar que, todo benefício da Política de Assistência Social deve ser eventual, ou seja, para aquele momento de vulnerabilidade que a família ou usuário estiver passando. O nosso objetivo é trabalhar a superação das vulnerabilidades desse usuário para que ele dê conta de prover o próprio sustento”, comentou o secretário da pasta, Ramon Serafim.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.