Caixa libera FGTS por calamidade para o município de Içara

Moradores afetados pela chuva podem pedir o recurso financeiro até o dia 28 de julho

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

- PUBLICIDADE -

Içara
Letícia Ortolan

 

- PUBLICIDADE -

Içara teve o Saque Calamidade, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), liberado pela Caixa Econômica Federal ontem. A solicitação foi feita pelo Governo Municipal, na primeira semana de março deste ano, após estragos causados por um temporal na cidade. Moradores afetados pela chuva podem pedir o recurso financeiro até o dia 28 de julho.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

A Prefeitura de Içara decretou situação de emergência no dia 8 de março, em função de um temporal com vento forte que, além de alagamentos, resultou na queda da ponte que liga a Vila São José ao bairro Aurora, na Rodovia Lino Zanolli. A recomendação foi da Defesa Civil Estadual, após uma semana de levantamento dos pontos danificados.

As comunidades de Vila Nova, Barracão, Poço Oito e Ponta do Mato foram alguns dos bairros, com endereços listados pelo Poder Público. Todos eles ficam às margens da BR-101.

Para fazer a solicitação, o munícipe não pode ter realizado saque FGTS por calamidade nos últimos 12 meses e nem estar com saldo negativo na conta. O valor máximo de liberação para cada trabalhar é de R$ 6.220,00. O depósito é feito em contas da Caixa ou de outra instituição bancária, conforme o uso da pessoa.

Solicitação do FGTS por calamidade

A aprovação do FGTS só é liberada após o encaminhamento de alguns documentos. São eles: comprovante de residência com nome do trabalhador solicitante (dos últimos três meses) e foto do documento de identidade ou carteira de habilitação e passaporte. Caso estejam dentro das exigências, a Caixa Econômica entrará em contato dentro de cinco dias úteis.

No comprovante de residências, são aceitas conta de luz ou água. Para aqueles que utilizam o documento com o nome do companheiro, vale a apresentação da Certidão de Casamento ou Escritura Pública.

A solicitação, assim como a entrega de todos documentos, pode ser feita de forma online e rápida por meio do aplicativo FGTS. Basta fazer o download disponível gratuitamente para sistema iOS e Android e depois, ir na aba Meus Saques.

Pessoas que tiverem dificuldade de mexer na plataforma, podem se dirigir a agência da Caixa Econômica Federal de Içara, que funciona das 10h às 15h, no Centro.

Dos 112 municípios do país, Içara foi a única cidade de Santa Catarina habilitada com Saque FGTS por calamidade até o momento. Dos demais Estados, estão incluídos municípios da Bahia, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo.

Situações consideradas calamidade

O saque calamidade do FGTS é aprovado pela Caixa Econômica Federal em situações de enchentes ou inundações graduais; enxurradas ou inundações bruscas; alagamentos; inundações litorâneas provocadas pela brusca invasão do mar; precipitações de granizos; vendavais ou tempestades; vendavais muito intensos ou ciclones extratropicais; vendavais extremamente intensos, furacões, tufões ou ciclones tropicais; tornados e trombas d’água; desastre decorrente do rompimento ou colapso de barragens que ocasione movimento de massa, com danos a unidades residenciais.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.