Amrec abriu mais de 800 novas empresas no primeiro mês do ano

Região teve um avanço superior a 50% em relação a dezembro de 2021

Foto: Divulgação / BRDE

- PUBLICIDADE -

Criciúma

Os empreendedores da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) começaram o ano mais empolgados do que terminaram 2021. Segundo o Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), a região abriu 879 novas empresas apenas no mês de janeiro. O saldo é 51,3% maior em relação a dezembro passado.

- PUBLICIDADE -

O bom momento da economia regional foi atestado na divulgação do último Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Janeiro gerou quase 10 mil postos de trabalho, principalmente nos setores da indústria, de serviços e do comércio. Os indicadores em alta acompanham o crescimento econômico que já vem desde o último ano.

“A maior parte dessas empresas que estão abrindo é relacionada ao comércio. O movimento econômico, que mede o crescimento da região, teve uma alta de 18,5% em 2021. É um crescimento grande, maior do que a média estadual. Isso significa que a região tem capacidade para comportar mais empresas, desenvolvendo toda a cadeia. Essa expansão acaba demandando um maior número de prestadores de serviços”, explica Ailson Piva, coordenador do Movimento Econômico da Amrec.

Ainda que a região veja aumentar o número de empresários locais, os dados apontam que as condições de trabalho não estejam tão favoráveis. “Por um lado é bom, porque demonstra que a nossa região tem um poderio econômico, tem capacidade de absorver essas empresas. Mas, se formos analisar por outra perspectiva, é um sinal de que mais pessoas estão optando por migrar para o seu próprio negócio, por não estarem satisfeitos trabalhando como funcionários”, pondera Piva.

As cidades que mais abriram novos CNPJs em janeiro foram Criciúma, com 513, e Içara, com 130. Ao todo, a região tem 48.013 empresas ativas.

Santa Catarina teve recorde anual

O número de empresas abertas entre janeiro e dezembro de 2021 representou o maior recorde histórico anual nos 128 anos de existência da autarquia, segundo levantamento da Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc). O saldo positivo de novos negócios em funcionamento no estado no ano passado chegou aos 138.032. Este número é a diferença entre todas as aberturas (204.954) e extinções (66.922) no período.

Ao analisar o resultado de 2021, o dado mostra alta de 19% em novos negócios se comparado com o ano de 2020 (saldo 115.571) e, crescimento de 42% em relação a 2019 (saldo 97.034), período em que não existia a pandemia da Covid-19.

Total de empresas abertas por município em janeiro de 2022:

– Balneário Rincão: 21

– Cocal do Sul: 35

– Criciúma: 513

– Forquilhinha: 41

– Içara: 130

– Lauro Müller: 12

– Morro da Fumaça: 28

– Nova Veneza: 21

– Orleans: 30

– Siderópolis: 22

– Treviso: 3

– Urussanga: 23

A matéria completa você lê na edição do Jornal Tribuna de Notícias desta quinta-feira

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.