(Vídeo)Criciúma: rede municipal de ensino terá aulas de empreendedorismo

Aula inaugural foi realizada na última quarta-feira, 18, no Teatro Elias Angeloni

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

O Clube Jovem Empreendedor foi lançado oficialmente em uma aula inaugural na última quarta-feira, 18, no Teatro Elias Angeloni, em Criciúma e vai atender mais de 300 estudantes que frequentam os anos finais do Ensino Fundamental. “Buscamos desenvolver competências empreendedoras nos estudantes da Rede Municipal de Ensino, oportunizando a experiência de vivenciar o dia a dia de uma empresa”, explicou o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Os encontros de capacitação e as assessorias para o desenvolvimento das aulas são acompanhados pela coordenadora geral da pasta, Cristiane Uliana Fretta, e são realizadas pelas coordenadoras Karine Luiz Calegari Mrotskoski e Manuela Rossa de Souza, juntamente com os 20 professores dos clubes, sob a supervisão da coordenadora geral pedagógica Silvana Alves Bento Marcineiro.

Em parceria com a ACIC, grandes empresários da região das escolas participantes foram convidados para apadrinhar os clubes, em uma parceria que levará as empresas para dentro das escolas, e os clubes, para dentro das empresas. Esse contato com o empresariado será acompanhado por um consultor da Diretoria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação. “Os alunos vão desenvolver, ainda, um plano de negócios, que será feito com uso do material do SEBRAE. O material traz uma sequência de estudos e atividades para que os estudantes possam planejar e criar o seu próprio negócio”, completou o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Aldinei Potelecki.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.