Urussanga: Município adere programa de empreendedorismo

    Parceria foi oficializada nesta quarta-feira, 23, e deve impulsionar o turismo e o empreendedorismo local

    Foto: divulgação

    - PUBLICIDADE -

    Urussanga é mais um município do Sul catarinense a aderir ao programa Cidade Empreendedora do Sebrae/SC. A parceria foi oficializada nesta quarta-feira, 23, durante ato oficial na sede da Prefeitura de Urussanga. Com a implantação do programa, o município projeta impulsionar o desenvolvimento econômico local, principalmente por meio do empreendedorismo.

    > Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

    - PUBLICIDADE -

    “Já estávamos há alguns anos querendo trazer o Cidade Empreendedora para Urussanga. Acabamos conversando com outros municípios que aplicaram e pudemos constatar que a solução funciona. Então, estamos muito contentes de trazer um programa para Urussanga que vai estimular o empreendedorismo e fazer com que os pequenos empreendedores possam se capacitar ainda mais para gerar empregos e riqueza e aqueles que estão na informalidade possam crescer de maneira ordenada”, declarou o prefeito Jair Nandi.

    Durante a assinatura do programa, participaram também representantes de diversas áreas do governo do município, do Sebrae/SC, da Câmara de Vereadores, da Associação Comercial e Industrial de Urussanga (Aciu), da Câmara de dirigentes e Lojistas (CDL) e demais entidades e autoridades.

    “O Legislativo tem orgulho de estar aqui hoje, porque tivemos participação, enquanto Câmara de Vereadores nessa aproximação entre Sebrae e prefeitura. Esse elo nos mostra como há uma sinergia entre os poderes em Urussanga e a sociedade civil”, comentou o presidente da Câmara de Vereadores, Elson Roberto Ramos.

    Urussanga em crescimento

    Urussanga já é a 14ª cidade do Sul catarinense a participar do programa do Sebrae/SC. Em sete anos de atuação na região, a iniciativa desburocratizou serviços, estimulou o empreendedorismo, sobretudo no ambiente escolar com o projeto Educação Empreendedora, e fortaleceu os pequenos negócios, com capacitações e consultorias através da Sala do Empreendedor.

    Para se ter uma ideia do impacto da ferramenta, os 70 municípios que implantaram o programa em Santa Catarina têm avaliação média de 9,2 dos empresários. O Cidade Empreendedora também já está presente em mais de 510 cidades do sul ao norte do Brasil.

    Organizado em biênios, o programa é dividido em dez eixos de atuação: gestão municipal, lideranças, desburocratização, sala do empreendedor, compras governamentais, empreendedorismo nas escolas, inclusão produtiva, marketing territorial e setores econômicos, cooperativismo e crédito, inovação e sustentabilidade.

    Nessa primeira etapa Urussanga, em conjunto com o Sebrae/SC, planeja transformar a realidade do município através de iniciativas que criem um ambiente favorável aos pequenos negócios, como melhorias na infraestrutura, divulgação da cidade como destino turístico e a valorização do empreendedor local.

    “Urussanga vem crescendo nos últimos anos em diferentes aspectos. Hoje tem um programa junto ao Sebrae /SC voltado ao fomento do turismo e agora o programa Cidade Empreendedora chega para desburocratizar ainda mais a relação do empresário com o poder público. A ideia é que os empresários possam ter mais benefícios, participar das capacitações, principalmente relacionadas à desburocratização e à modernização”, afirmou a gerente de projetos do Sebrae/SC, Juliana Baldessar Ghizzo.

    Especialmente no desenvolvimento turístico, há uma grande expectativa, pois Urussanga é um local propício para a expansão na área, com vales da uva Goethe, pousadas temáticas, festas tradicionais, inclusive com abrangência estadual e nacional, como a Festa do Vinho.

    -- PUBLICIDADE --
    Compartilhar

    NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.