Escolas de Içara iniciam ensaio de fanfarra

Grupo de 60 alunos se prepara para a Semana da Pátria e demais apresentações escolares

Fotos: Divulgação

- PUBLICIDADE -

As escolas municipais Quintino Rizzieri e Tranquilo Pizzetti de Içara agora contam com o “Projeto Fanfarras”. Em outros anos os alunos reuniam-se no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), no bairro Vila Nova, para ensaiar, mas a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Içara avaliou que este não seria o melhor local, pois é distante da moradia dos alunos. Ao todo são 30 integrantes cada escola que ensaiam semanalmente para apresentações escolares e também para a Semana da Pátria que acontece em setembro.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

“Nossa intenção é oportunizar e incluir mais estudantes permitindo o desenvolvimento de talentos também na área da artística e musical. Os instrumentos existentes foram consertados e realocados para as escolas. Em breve receberemos novos instrumentos já adquiridos, ampliando a qualidade e o número de componentes da fanfarra”, lembrou a secretária de educação, ciência e tecnologia Rose Reynaud.

- PUBLICIDADE -

Na escola Quintino Rizzieri o projeto acontece no final da tarde após o término das aulas. Já no Tranquilo Pizzetti o projeto acontece no intervalo do meio-dia. A inserção do indivíduo em um meio social de aprendizado, companheirismo, cooperativismo, desenvolvimento de aspectos físicos, psicológicos, cognitivos, emocionais, estéticos e sociais fazem parte das competências e habilidades desenvolvidas no projeto.

“A fanfarra escolar tem como objetivo articular a ação pedagógica utilizando-se de instrumentos musicais como promotores de aprendizagem e desenvolvimento”, completou o coordenador pedagógico de educação física do município Edenilson José Prudêncio.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.