‘Combo’ de fenômenos em SC com ciclone, tempestades e chance de neve

Frente fria que provocou chuva nessa segunda-feira, 15, continua atuando no Estado ao longo da semana e antecede queda extrema de temperaturas

Foto: Pixabay

- PUBLICIDADE -

A frente fria que provocou chuva nessa segunda-feira, 15, e manhã de terça-feira, 16, continua atuando em Santa Catarina ao longo desta semana. O tempo fica nublado com condições de chuva a qualquer hora do dia, conforme a Defesa Civil estadual.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Nesta terça, as áreas de atuação ficam restritas ao Centro-Leste do Estado, destacando principalmente as regiões do Meio-Oeste, Planalto Norte e Vale do Itajaí.

Por alguns momentos, podem ocorrer temporais isolados, com raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo. O risco para ocorrências associadas aos temporais é moderado nas áreas em amarelo e baixo nas áreas em verde do mapa.

Veja o mapa:

Foto: Defesa Civil estadual/Divulgação/ND

As temperaturas mínimas ocorrem no período da noite e ficam entre 9°C e 11°C nas demais áreas. As máximas devem ser registradas na madrugada no Oeste, Extremo-Oeste e no Litoral Sul e ficam entre 19°C e 22°C, do Meio-oeste até os Planaltos. No Alto e Médio Vale do Itajaí e na Grande Florianópolis oscilam entre 15°C e 20°C.

No Litoral Norte e Baixo Vale as máximas ficam entre 19°C e 22°C, ocorrendo no período da tarde desta terça. Os ventos sopram de quadrante Norte/Noroeste com rajadas de intensidade moderada a forte – entre 45 km/h e 70 km/h pelo Estado. O risco é moderado a alto para ocorrências associadas as rajadas de vento intensas.

Ciclone associado à nova frente fria

A partir da tarde de quarta-feira, 17, a aproximação de uma nova frente fria provoca temporais no Oeste e Norte do Estado, segundo um novo alerta da Defesa Civil. O Oeste pode registrar tempestades mais severas.

Entre a noite de quarta e madrugada de quinta-feira, 18, a chuva se estende para as demais regiões, de forma persistente, com acumulados que podem somar entre 50 e 70 mm.

De acordo com a meteorologista Laura Rodrigues, da Epagri/Ciram, não há risco de um novo ciclone extratropical atuar com firmeza em Santa Catarina nesta semana, como ocorreu na semana passada.

O meteorologista Piter Scheuer esclarece que há um ciclone associado à nova frente fria polar, mas que ele está bem afastado da costa catarinense e não irá influenciar de forma ativa o tempo no Estado.

“A única coisa que o ciclone irá fazer é manter o mar agitado com ressaca. As ondas podem variar de 3 a 4 metros. O vento mais contínuo e forte é provocado pelo ar frio que atua no Sul do país”, diz.

Junto aos temporais entre a quarta e a quinta-feira, são esperadas descargas elétricas, rajadas de vento e eventual queda de granizo. O risco para ocorrências associadas aos temporais é moderado a alto nas áreas em amarelo e baixo nas áreas em verde do mapa.

Veja o mapa:

Foto: Defesa Civil estadual/Divulgação/ND

Os ventos sopram de quadrante Sudoeste a Sul com rajadas de 50 km/h a 80 km/h ao longo da quinta, do Litoral Sul a Grande Florianópolis. Nas praias, as rajadas podem chegar aos 100 km/h, segundo Scheuer.

Frio com chance de neve e geada

A meteorologista Laura Rodrigues explica que depois dos dias de chuva e temporais isolados, o frio intenso deve se fazer presente, gradativamente, em Santa Catarina a partir do início da noite de quinta-feira.

As temperaturas ficam baixas com chance de neve e geada ampla no Estado por conta de uma massa polar que atua no Sul do Brasil. O pico do frio será na sexta-feira, 19, e no sábado, 20, quando há combinação do ar gelado com sol.

“Teremos os ingredientes fundamentais para a formação de neve que é o ar frio polar úmido. Há chance de neve na quinta à noite, madrugada e início da manhã de sexta nas áreas altas do Estado, como Bom Jardim da Serra, no Mundo Novo em Urubici, no Centro de São Joaquim, no Morro das Antenas e Cruzeiro, em Urupema”, projeta Scheuer.

O novo cenário deve perdurar até o final da manhã de sábado e deve atingir todas as regiões catarinenses, sobretudo, aquelas acima de 700/800 metros. Há chance de geada ampla no Estado no sábado.

Conforme alerta da Epagri/Ciram, a temperatura mínima fica próxima dos 0°C e negativa na madrugada e amanhecer, em boa parte das regiões, ficando entre -3°C e -6°C nas áreas mais altas do Planalto Sul.

*Via ND+

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.