(Vídeo): Cocal do Sul em estado de alerta devido à chuva

Algumas vias no interior estão intransitáveis e interditadas; administração pede cautela aos condutores

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

O município de Cocal do Sul entrou em estado de alerta nesta sexta-feira (22) devido à chuva que tem sido constante e deve permanecer nos próximos dias, segundo a previsão do tempo. Por isso, algumas vias no interior da cidade estão intransitáveis e algumas se encontram interditadas.

Na manhã de hoje, alguns caminhões e até uma moto tiveram dificuldade de trafegar por determinadas vias, como é o caso da Estrada Geral Linha Ferreira Pontes, que liga Cocal do Sul a Siderópolis, onde um caminhão atolou e precisou de ajuda para sair, através de uma retroescavadeira. A partir de agora, a Prefeitura irá trocar o areão, que era o material utilizado antes, por rejeitos de construção, a conhecidos também como brita reciclada, optando por trabalhar de forma ecologicamente correta.

- PUBLICIDADE -

A Prefeitura de Cocal do Sul, através das equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Desenvolvimento Rural e Defesa Civil, vem trabalhando em conjunto para consertar a estrada que liga Cocal do Sul a Siderópolis, que atualmente está funcionando apenas em meia pista. “Não aconselhamos caminhões passarem por essa via, o tráfego está perigoso e muito escorregadio, somente utilizem essa estrada os moradores que necessitem realmente passar por aqui; os demais que precisarem carregar carga, podem fazer desvios alternativos por outras rodovias, para a segurança de todos”, assegura o prefeito e atualmente secretário de Obras, Fernando de Fáveri.

Neste fim de semana, as equipes da administração municipal estarão trabalhando em alerta para o caso de surgirem emergências. Segundo o coordenador de Infraestutura, Vanderlei Figueiredo, a preocupação maior é com as vias no interior do município. “Os principais pontos que apresentam preocupação e que precisam de atenção dos condutores, além da Linha Ferreira Pontes, é também no Rio Comprudente, Linha Vicentina, Linha Zilli e Linha Braço Cocal, todas estão com problema sério e a manutenção ainda não foi possível devido à chuva”, alerta.

Devido à chuva decorrente, a agricultura no município está com as atividades suspensas, pois não há condições de realizar a silagem. Quanto à Defesa Civil, o órgão segue monitorando a cidade, em contato direto com o Governo do Estado e também com a Secretaria de Obras do município. Para caso de emergência, as pessoas podem ligar para o número 99651-4188 ou 99925-9497.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.