(Vídeo): bombeiros resgatam pessoas ilhadas em trilha em Praia Grande

A operação de salvamento durou aproximadamente 21 horas e só foi finalizada na manhã desta sexta-feira, 29

Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros

- PUBLICIDADE -

Em Praia Grande, no Extremo Sul do Estado, seis pessoas precisaram ser resgatadas pelos bombeiros militares após ficarem ilhadas na Trilha do Rio do Boi na tarde de ontem, 28. A operação de salvamento durou aproximadamente 21 horas e só foi finalizada na manhã desta sexta-feira, 29.

A trilha fica localizada na região dos Canyons, local de difícil acesso até para helicópteros e possui várias travessias por rios. No local, por conta das fortes chuvas que já estavam previstas para a região, os rios encheram e três pessoas foram resgatadas após a travessia do primeiro, por volta das 20 horas. Restaram outras três na travessia do segundo rio, porém por conta das condições foi preciso esperar para realizar o resgate.

- PUBLICIDADE -

Com o amanhecer do dia e em segurança, foi possível acessar as vítimas e montado um sistema de cabos e polias para retirada, sem nenhum ferimento, por volta das 09 horas da manhã de hoje. Participaram da ocorrência bombeiros militares de Criciúma e Passo de Torres, além de equipe especializada em mergulho e guias locais.

O comandante da operação de salvamento, capitão Samuel Ambroso, destacou que a atividade de canionismo é comum na região do 4º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM), mas precisa ser bem planejada por guias, que serão responsáveis pelos grupos. “É fundamental que os participantes tenham precaução na escolha do guia, verifiquem as condições do local e principalmente as condições climáticas para o dia que realizará esse tipo de atividade”, ressaltou.

Ainda, segundo o comandante, houve uma conversa com diretores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), responsável pelo local, e será aberto um procedimento administrativo para apuração dos fatos em relação ao grupo de turistas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.