Tubarão: por telefone, policial ajuda a salvar vida de bebê engasgado

PM passou as instruções para a mãe da criança, de apenas cinco dias, fazer as manobras

Foto: Arquivo/ TN
- PUBLICIDADE -

Por volta das 17h50 desta terça-feira, dia 25, um policial militar que trabalha na Central Regional de Emergências, em Tubarão, recebeu a ligação de uma mulher informando que seu filho, de apenas cinco dias de vida, havia se engasgado com o leite materno e que  não estava respirando.

Rapidamente, o  militar passou a orientar a mãe do recém-nascido sobre os procedimentos que deveria seguir através da “manobra de Heimlich”, a fim de desafogar o recém-nascido e fazê-lo respirar novamente. Pouco tempo depois, foi possível ouvir o choro do bebê, confirmando o sucesso inicial dos primeiros socorros prestado no desafogamento.

- PUBLICIDADE -

Um bombeiro militar, que é vizinho dos pais da criança, auxiliou nos procedimentos. Concomitantemente, a Central Regional de Emergências encaminhou as viaturas até a residência do fato ocorrido, situada no bairro Vila Moema, servindo de batedouro na
condução do recém-nascido até o hospital, que deu entrada, já respirando, ficando aos
cuidados do corpo clínico, a princípio, com quadro estável e sem complicações.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.