Treze de Maio: adolescente é o responsável por perda de vacinas

Após ser identificado por meio de câmeras de monitoramento, rapaz de 16 anos confessou que desligou disjuntor da unidade de saúde

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

- PUBLICIDADE -

Nesta terça-feira (14), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Delegacia de Polícia do Município de Treze de Maio, esclareceu o ato de vandalismo que fez o município de Treze de Maio perder todas as vacinas e medicamentos que necessitavam de refrigeração.

Após comunicação sobre o caso, na segunda-feira (13), a Polícia Civil começou a executar as diligências. Após informações de testemunhas e análise de imagens de câmeras de segurança do local, chegou-se ao suspeito, um adolescente de 16 anos.

- PUBLICIDADE -

Durante as investigações foi verificado que a energia do posto de saúde foi desligada duas vezes, nos dias 10 e 12 de dezembro de 2021. Tendo em vista o ato infracional de dano qualificado, por ter sido cometido contra patrimônio público, foi instaurado o Boletim de Ocorrência Circunstanciado (Apuração de Ato Infracional) para apuração das circunstâncias do fato.

O adolescente foi ouvido e assumiu o ato, porém, destacou que não tinha ideia que havia vacinas e medicamentos no local. Após a oitiva de testemunhas e outros levantamentos, o procedimento será finalizado e encaminhado ao Ministério Público.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.