Suspeitos de matar motorista no Extremo Sul seriam do RS

P. R. de M. C., de 29 anos, foi assassinado com disparos de arma de fogo na cabeça e nas costas, ontem, em São João do Sul

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

A Polícia Civil investiga a morte de P. R. de M.  C., de 29 anos, que trabalhava como motorista de aplicativo no Extremo Sul (Amesc). Ele foi assassinato com tiros na cabeça e nas costas, ontem, dentro do próprio carro, no município de São João do Sul. O veículo que ele conduzia, um Renaut/Sandero, foi encontrado capotado, com a vítima dentro do automóvel, já sem vida.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a ausência de sinais vitais. Após isso, o Instituto Médico Legal (IML) e o Instituto Geral de Perícias (IGP) estiveram no local. A ocorrência foi registrada no bairro Querência, durante a madrugada.

- PUBLICIDADE -

O Corpo de Bombeiros também prestou apoio na ocorrência, realizando o trabalho de retirar a vítima das ferragens através do parabrisa. A Polícia Militar (PM), que também estava no local, foi informada acerca das perfurações no corpo da vítima por arma de fogo. Dessa forma, a Polícia Civil foi acionada e o caso investigativo segue sob a responsabilidade do delegado Jair Pereira Duarte, da Divisão de Investigação Criminal (DIC).

Duarte revela que os suspeitos de terem cometido o assassinato, em princípio, seriam do Rio Grande do Sul. “Isso dificulta ainda mais a investigação”, ressalta Duarte. Porém, ele ressalta que as investigações ainda estão no começo e que diligências serão realizadas para apurar todas as suspeitas envolvendo o caso.

O laudo técnico do IGP ainda não foi concluído, mas a suspeita é de que, após sofrer os disparos, a vítima teria perdido o controle do veículo, que capotou posteriormente. Além disso, os autores do crime teriam solicitado a corrida à vítima e depois cometido o crime contra o motorista.

Não foi informado se a vítima teve os pertences roubados. “A princípio se trabalha com a hipótese de homicídio”, afirma Duarte. A motivação do crime ainda não foi revelada. Esse é o segundo homicídio registrado em São João do Sul e o 16º no Extremo Sul em 2021.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.