SC: Mais de 200 motoristas dirigiram embriagados no fim de semana

Fiscalização intensa da PRF aconteceu em vários pontos do Estado entre sexta-feira, 19, e domingo, 21,

Foto: Divulgação/PRF

- PUBLICIDADE -

A imprudência dos motoristas chamou a atenção da PRF (Polícia Rodoviária Federal) neste fim de semana. Segundo os dados divulgados pelo órgão, entre sexta-feira, 19, e domingo, 21, mais de 200 motoristas foram pegos dirigindo embriagados nas rodovias federais de Santa Catarina.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

Os números foram divulgados na manhã desta segunda-feira, 22. Conforme os dados foram 208 motoristas flagrados dirigindo sob efeito de álcool. A fiscalização intensa da PRF aconteceu em vários pontos do Estado.

Um dos condutores imprudentes acabou preso em Pouso Redondo, no Vale do Itajaí. O motorista, que não teve a idade revelada, foi o responsável por um acidente sem vítimas registrado na BR-470 na tarde deste domingo, 21.

 O motorista realizou o teste do bafômetro que constatou um volume de álcool no sangue quatro vezes maior do que o índice que caracteriza crime. O homem foi preso e conduzido à Central de Polícia, em Rio do Sul.

Fiscalização intensa
Em nota divulgada a PRF afirma que a fiscalização seguirá intensa nas rodovias federais. Um dos motivos é o início da temporada de verão, onde o consumo de bebidas alcoólicas aumenta, assim como o número de pessoas transitando no litoral.

Multa salgada

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo embriagado ou que se recusa a realizar o teste do bafômetro é de R$ 2.934,70. Além disso o condutor tem a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) apreendida e fica suspenso de dirigir por um ano.

*Via ND Mais

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.