Polícia prende homem e apreende quatro quilos de cocaína na BR-101

O homem recebeu voz de prisão e foi conduzido para delegacia

Foto: Divulgação/ Polícia Militar
- PUBLICIDADE -

Na tarde desta quarta-feira, 30, a guarnição policial em rondas no bairro Vila Feltrin em Forquilhinha visualizou o veículo CHEVROLET/CELTA 1.0L LS trafegando na Rodovia Vante Rovaris e constatou que o veículo estava com a película muito escura, e por esta razão, a guarnição decidiu proceder a abordagem para fazer a fiscalização de trânsito.

Ao proceder a abordagem o veículo começou a empreender em fuga. As guarnições policiais de Criciúma vieram em apoio, prosseguindo o acompanhamento pela Avenida Universitária, Rodovia Jorge Lacerda, fazendo o retorno próximo ao bairro Vila Nova, em Içara, onde foi abordado na BR 101.
Durante a fuga o condutor ofereceu perigo a diversos condutores e transeuntes na via, sendo que na rodovia Jorge Lacerda, em área fechada para obras, quase atropelou vários trabalhadores, mudando o sentido da pista por diversas vezes e ao andar na contramão acabou colidindo em uma viatura policial. Ainda na tentativa de fuga quase atropelou uma guarnição policial que estava desembarcada da viatura.

- PUBLICIDADE -

Na revista foi localizado 4 tablets de cocaína, pesando 4 quilos e 328 gramas no total, 23 unidades de ecstasy, R$ 16.500 (dezesseis mil e quinhentos reais), 1 notebook e 1 smartphone iphone6s. Além do material ilícito apreendido o condutor foi notificado por dirigir sem habilitação ou permissão, ou cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano.

Diante dos fatos, a guarnição deu voz de prisão ao homem, sendo conduzido para a delegacia de polícia civil para os procedimentos legais cabíveis, junto aos objetos, dinheiro e drogas apreendidas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.