Polícia indicia traficantes na região com atuação no PR e SC

Grupo atuava entre o estado do Paraná e Santa Catarina. Além de drogas, foram apreendidos diversos veículos, bloqueio de valores em conta, apreensões em dinheiro e maquinário para o preparo de droga, somando patrimônio de R$1 MI

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Após nove meses de investigação, a Polícia Civil, através da Delegacia de Forquilhinha, enviou ao poder judiciário, um inquérito que apurou as ações de uma organização criminosa interestadual. O grupo é envolvido no tráfico de maconha e cocaína entre Foz do Iguaçu, no Paraná, e Santa Catarina. Oito pessoas foram presas.

No dia 07 de junho deste ano, três dos investigados, dentre eles o líder do grupo e mais duas mulheres, foram autuados em flagrante, no município de Irati (PR), enquanto transportavam 248 quilos de maconha para a região. Dois dias após, no dia 09, deu-se cumprimento a 13 mandados de busca e apreensão e a oito mandados de prisão temporária, sendo cumpridos pela Polícia Civil de Santa Catarina com o apoio da Policia Rodoviária Federal.

- PUBLICIDADE -

Carregamentos de drogas
A investigação aprendeu mais 20 quilos de maconha com um membro da organização criminosa em outra oportunidade. Além disto, outros carregamentos de drogas foram identificados e apreendidos com integrantes da quadrilha como, por exemplo, 98 quilos de maconha em agosto de 2020 e dois quilos de cocaína em novembro de 2020.
Além das apreensões de drogas, foram apreendidos diversos veículos como moto aquática, bloqueio de valores em conta, apreensões em dinheiro, maquinário para o preparo de droga, somando patrimônio de um milhão de reais.

Foragidos da justiça

Em agosto de 2021, foi dada prisão temporária a oito investigados, a prisão de mais sete prisões preventivas de outros integrantes e mais sete mandados de buscas e apreensões, realizadas integralmente. Desta forma, a Polícia Civil de Santa Catarina e do Paraná deram cumprimento às decisões judiciais em Forquilhinha, Criciúma, Gaspar, Curitiba e Foz do Iguaçu, dando cumprimento aos mandados de busca e apreensão e a mais quatro mandados de prisões preventivas, restando, até o momento, apenas três foragidos da justiça. Todos os indiciados foram denunciados pelo Ministério Público do Estado de Santa Catarina.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.