Orleans: polícia prende traficante que mantinha “delivery” de cocaína

A busca foi realizada na casa do investigado, situado na linha Palmeira Alta, Urussanga, fronteira entre os dois municípios

Foto: Divulgação/ Polícia Civil

- PUBLICIDADE -

Nesta terça-feira, 18, após investigações da Delegacia de Orleans, com apoio de policiais civis de Urussanga e da DIC/Criciúma, foi dado cumprimento a mandado e busca expedido pelo Poder Judiciário de Orleans.

A busca foi realizada na casa do investigado, situado na linha Palmeira Alta, Urussanga, fronteira entre os dois municípios.

- PUBLICIDADE -

No mês de maio, um morador do bairro Alto Paraná encontrou uma porção de cocaína em sua caixa de correio. Ele acionou a Polícia Militar, que recolheu a droga e a encaminhou para a Polícia Civil investigar os fatos.

O Setor de Investigação da Delegacia descobriu a existência de um “disque-cocaína”, realizado por um jovem de 18 anos, residente na divisa de Orleans e Urussanga.

Nas buscas, foi localizada uma porção da droga, além de outras provas do comércio ilegal.
Como a droga estava no automóvel, e este era usado para as entregas, a Polícia apreendeu o bem, avaliado em R$ 44 mil, o qual deverá ser leiloado e expropriado.

O preso não tinha passagens. Foi encaminhado ao Presídio Regional Santa Augusta, em Criciúma. Houve pedido de decretação de sua prisão preventiva pelo delegado, para que permaneça preso enquanto responde ao procedido.

A pena para o crime de tráfico varia de 5 a 15 anos de reclusão. Como o delito era praticado também nas imediações de uma escola de educação básica, situada próximo à residência do indiciado, a pena será ainda aumentada de 1 ano até 3 anos se condenado. Na ação policial ainda foram apreendidos um simulacro de pistola e uma munição de calibre .45, além de R$ 2.800,00 provenientes da venda de drogas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.