Orleans: Polícia indicia 13 pessoas por falsificação de sabão em pó

A investigação apurou que a produção semanal era de 22 caixas com 20 pacotes de um quilo cada

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

A Polícia Civil concluiu o inquérito policial da Operação “Falso Rinso”, que investigou falsificação de sabão em pó, em Orleans. Treze pessoas foram indiciadas por suspeita de falsificação de produto de limpeza, crimes contra as relações de consumo e contra registro de marcas. O suspeito de falsificar os produtos revendia a mercadoria.

A conclusão do inquérito foi da Delegacia de Polícia da Comarca de Orleans. Segundo o Delegado de Polícia Ulisses Gabriel, a investigação apurou que a produção semanal era de 22 caixas com 20 pacotes de um quilo cada. Com isso se deduz que ao produzir cerca de 440 quilos de material por semana teriam totalizado a produção de quase 11 toneladas de produto falsificado nos últimos meses.

- PUBLICIDADE -

A Polícia Civil solicitou à Justiça a doação do material (sabão em pó) para entidades beneficentes. Ao final da investigação, foram apreendidos 17 celulares, dois notebooks, um tablet, dois computadores, caixas com lâminas de barbear, 767 caixas de sabão em pó, caixas vazias impressas com a marca, documentos diversos, um torrão de maconha e 50 kg de sabão em pó.

Via Polícia Civil SC

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.