Orleans: PM e Polícia Civil prendem autor de furtos em operação conjunta

Foram cumpridos ainda dois mandados de busca e apreensão no bairro Rio Novo, para investigação da receptação dos objetos furtados

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

Nesta segunda-feira, 08, a Polícia Civil e Militar de Orleans, em operação conjunta, cumpriram mandado de prisão preventiva de um homem de 30 anos, investigado pela prática de diversos furtos a residências e estabelecimentos comerciais nas últimas semanas. Foram cumpridos ainda dois mandados de busca e apreensão no bairro Rio Novo, para investigação da receptação dos objetos furtados.

> Clique aqui e receba as principais notícias do sul catarinense no WhatsApp

- PUBLICIDADE -

A investigação
Nas últimas semanas, uma onda de furtos foi registrada principalmente em comércios na área central da cidade. A entrada nos estabelecimentos era arrombada. A Polícia Civil, responsável pela investigação dos delitos, identificou um suspeito e passou a trocar informações com a Polícia Militar. Com a troca de informações e atuação conjunta, foi possível reunir provas para que o delegado pedisse ao Poder Judiciário a prisão preventiva e os dois mandados de busca, contra os suspeitos de serem o autor dos furtos e o receptador dos objetos.

Após manifestação favorável do Promotor de Justiça, o Poder Judiciário deferiu os pedidos e a Polícia Civil e PM deram cumprimento na tarde desta segunda-feira, 08. A ação contou com o auxílio da Polícia Civil de Lauro Müller.

Em uma das residências foi apreendida maconha com a condução do suspeito da receptação, um homem de 27 anos, para responder a um termo circunstanciado na delegacia. Um aparelho celular ainda foi apreendido e será analisado para se apurar se é produto de furto.

Com as ações, as polícias visam a redução de furtos na cidade. Outras investigações estão em curso para apuração cabal dos crimes patrimoniais.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.