Morto tem corpo violado e cabeça arrancada no Alto Vale do Itajaí

A ocorrência aconteceu na manhã deste domingo (2) na cidade de José Boiteux

Homem estava enterrado há 10 meses – Foto: Divulgação/PM José Boiteux/ND
- PUBLICIDADE -

O corpo de um homem enterrado há 10 meses no cemitério de José Boiteux, no Alto Vale, foi violado neste domingo (2).

A Polícia Militar atendeu a ocorrência na manhã de domingo e ao chegar no cemitério encontrou a sepultura totalmente destruída e o corpo do homem sem a cabeça.

- PUBLICIDADE -

O túmulo pertencia a Júlio César Lunelli, de 51 anos. Júlio era atleta e servidor público.

Os policiais realizaram buscas pela região, mas não localizaram o autor do crime e nem a cabeça do cadáver. Diante dos fatos foi lavrado um boletim de ocorrência e a família foi orientada a lacrar o túmulo.

O caso agora passa a ser investigado pela Polícia Civil de Rio do Sul.

Via ND+

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.