Morro da Fumaça: Noi e Eduardo articulam construção de quartel da PM

Prefeito e vice de Morro da Fumaça participaram de reunião com o Comandante Geral da Polícia Militar de Santa Catarina

Foto: Divulgação/ Marciano Bortolin
- PUBLICIDADE -

O prefeito de Morro da Fumaça, Noi Coral e o vice, Eduardo Sartor Guollo, foram ao Comando Geral da Polícia Militar, em Florianópolis para tratar da construção de um quartel para a corporação na cidade. O encontro foi com Comandante Geral, Coronel Dionei Toret, intermediada pelo deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), José Milton Scheffer. “Agradecemos ao comandante que garantiu empenho para tornar o novo quartel realidade. O terreno já foi doado pelo Governo Municipal, que também fez a terraplanagem e o projeto também está pronto. Além disso, os deputados Zé Milton e Jessé Lopes destinaram recursos para a construção da estrutura”, salienta o prefeito.

O terreno, já doado pelo Governo Municipal para a construção do Quartel da Polícia Militar, está localizado no bairro Monte Verde. “A construção é necessária para que, a partir daí, possamos buscar ainda mais melhorias para a Segurança Pública de nossa cidade. E unindo forças, junto com a Polícia Militar e demais poderes, conseguiremos mais resultados positivos para os fumacenses”, fala o vice-prefeito, Eduardo Sartor Guollo.

- PUBLICIDADE -

Investimentos na segurança

Coral lembra ainda que a preocupação do Governo Municipal de Morro da Fumaça com a segurança é constante. “Desde 2017 a nossa administração investe na segurança pública, um exemplo é a instalação de diversas câmeras na cidade. Além disso, a sede do Samu foi para um lugar melhor e estamos auxiliando na construção de um novo quartel para o Corpo de Bombeiros. Também já fizemos a doação de um terreno para a construção da sede da Polícia Civil”, conclui.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.