Menina de 13 anos é morta e pai é o principal suspeito do homicídio

Após matar a criança, o homem teria incendiado a casa e fugido

- PUBLICIDADE -

Érik Borges

Criciúma

- PUBLICIDADE -

Uma menina de 13 anos foi morta na noite dessa sexta-feira, dia 13, no bairro Imperatriz, Rua Everson Ramos Jesuíno, em Criciúma. O principal suspeito de ter cometido o crime é o pai dela, que fugiu após supostamente ter matado ela com golpes de faca e depois colocado fogo na residência.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para a ocorrência e, ao chegar no local, foi constatado incêndio em uma edificação de alvenaria medindo aproximadamente 90m² e uma edícula também de alvenaria que ficava na parte de traz da residência com aproximadamente 40 m².

O incêndio estava em desenvolvimento completo e foi informado à guarnição que havia vítimas dentro da residência. Então dois resgatistas iniciaram buscas primarias e o restante da equipe iniciou o combate às chamas.

O acesso ao local foi o portão principal que necessitou ser arrombado, e um portão pequeno que estava aberto. Após extinção parcial do incêndio, quando a equipe ainda realizava buscas por vítimas foi encontrada uma menina de 13 anos de idade já em óbito na cozinha da residência em meio aos escombros.

A guarnição acionou o IGP e a polícia civil para as averiguações. Foram utilizados 14 mil litros de água para a extinção das chamas.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.