Identificada a professora vítima da chacina em Saudades

Keli Adriane Anieceviski, de 30 anos, morreu ainda no local

Foto: Reprodução
- PUBLICIDADE -

A professora Keli Adriane Anieceviski, de 30 anos, morreu na manhã desta terça-feira, 04, na chacina em Saudades.

De acordo com familiares, a professora trabalhava na escola havia cinco anos. A unidade  atende crianças de 2 a 6 anos de idade.

- PUBLICIDADE -

 

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.