Homens não pagam R$ 11 por corrida e agridem motorista de aplicativo

Caso aconteceu em Tubarão, nesta quarta-feira

Foto: Arquivo/TN

- PUBLICIDADE -

Um motorista de aplicativo, de 34 anos, foi vítima de agressão no bairro São João Margem Esquerda, em Tubarão, nesta quarta-feira, dia 18. A vítima disse à Polícia Militar que foi acionado via aplicativo de corrida para atender a um passageiro no bairro Passo do Gado. Ao chegar ao local, o solicitante informou que a corrida era para realizar o transporte de uma bicicleta infantil e uma sacola de roupas até o bairro São João Margem Esquerda, e que no local onde deixaria os produtos lhe seria pago pelo serviço prestado.

Chegando ao local destinado, e após fazer a entrega pelo qual foi contratado, o valor da corrida deu R$11,30, porém, a pessoa que recebeu a sacola de roupas e a bicicleta se negou a pagar o valor. O motorista relatou que após insistir em receber o valor devido, três homens o agrediram com socos. A vítima correu e entrou em seu carro e ao tentar sair do local, os homens começaram a chutar seu veículo, o danificando.

- PUBLICIDADE -

A vítima foi até o 5º Batalhão da Polícia Militar solicitar ajuda. Após realizar os procedimentos, os policiais foram com a vítima ao local onde foi agredido, conseguindo abordar um dos agressores. No local em que ocorreu a agressão foi marcado uma data de audiência para o agressor que disse não saber quem seriam os outros agressores. O homem de 44 anos terá de se apresentar ao Juizado Criminal, para justificar os atos cometidos.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.