(Fotos) Saudades: Escola recebe homenagens de moradores

Flores e cartazes são colocados na porta do local, onde um jovem de 18 anos matou duas crianças, uma professora e outra funcionária do colégio


- PUBLICIDADE -

Saudades

Fotos: Rodrigo Kroth

- PUBLICIDADE -

A porta da Escola Infantil Pró-Infância Aquarela recebe muitas flores e cartazes, durante a tarde e o inicio da noite desta terça-feira. O local foi palco do bárbaro crime, na manhã desta terça-feira, onde um jovem, de 18 anos, matou duas crianças, uma professora e outra funcionária do colégio.

Um cartaz com a frase “Heroínas e Anjos! Para sempre lembrados” junto com cinco rosas brancas emociona os demais moradores e todos os que se aproximam do local. Diversos vasos de flores foram deixados como homenagem às vítimas.

De acordo com o delegado de Pinhalzinho, Jeronimo Marçal Ferreira, o local foi isolado para perícia do IGP (Instituto Geral de Perícias). Os corpos das crianças e da professora ficaram na sala de aula onde ocorreu o crime até a chegada do IML (Instituto Médico Legal). “O agressor chegou de bicicleta na escola por volta das 10h, portando uma faca grande. Cerca de 30 crianças estavam na escola no momento e ele invadiu uma sala de aula onde tinham quatro crianças, a professora e mais uma funcionária da escola”, conta o delegado.

As demais crianças e professoras conseguiram se trancar dentro das outras salas para se proteger do ataque. O jovem foi contido dentro da escola por vizinhos que ouviram os gritos. Foi quando ele tentou se matar. “Ele foi contido dentro da escola e, naquele momento, tentou tirar a própria vida. Os eletrônicos da vítima passaram pela perícia para buscar a motivação desse crime. Ele não tinha ligação com as vítimas e também não tem histórico policial”, explica o delegado.

Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, entrou na creche com um facão e desferiu golpes contra as vítimas. Ele ficou gravemente ferido e foi conduzido ao município de Pinhalzinho, distante 11 km de Saudades.

Segundo informações preliminares, o jovem vivia isolado no mundo dos jogos de computador. O autor desferiu golpes também contra o próprio pescoço, além de abdômen e tórax, e foi encaminhado em estado gravíssimo ao Hospital em Pinhalzinho. Ele está sob escolta policial.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.