Estadual: PRF divulga balanço da Operação Independência nas rodovias

Foi registrado um aumento no número de acidentes e feridos em relação ao mesmo período em 2020, mas uma grande redução no número de mortos

Foto: Divulgação

- PUBLICIDADE -

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou à meia-noite desta terça-feira, dia 7 de setembro, a Operação Independência 2021, que iniciou no último dia 3, totalizando cinco dias de fiscalização especial. Nas rodovias federais que cortam Santa Catarina, a PRF registrou aumento no número de acidentes e feridos em relação ao mesmo período em 2020, mas um grande redução no número de mortos:

 

- PUBLICIDADE -

As seis mortes aconteceram nas BRs 101, 282, 280 e 153. Quatro delas tiveram a mesma dinâmica: colisão frontal em pista simples. Ou seja, poderiam ter sido evitadas se o motorista tivesse prudência na hora de ultrapassar.

Durante a Operação, a PRF em Santa Catarina cumpriu seu papel, realizando intensa fiscalização de trânsito. Infelizmente, centenas de condutas perigosas foram flagradas pelos policiais nestes cinco dias:

– Motoristas dirigindo sob efeito de álcool: 71

– Ultrapassando em local proibido: 205

– Motoristas ou passageiros sem cinto de segurança: 288

– Crianças sendo transportadas sem cadeirinha: 31

– Condutor manuseando o celular: 54

A volta pra casa foi complicada devido às manifestações cívicas neste 07 de setembro, que muitas vezes alteraram o fluxo das rodovias. Foram registradas muitas filas, princialmente na BR 101 norte e na BR 280.  O combate ao crime também não parou durante o feriadão: 24,5 toneladas de maconha foram apreendidas na sexta-feira, em uma ação conjunta entre PRF e Polícia Federal na BR 101 em Biguaçu. Além disso, cinco veículos roubados foram recuperados e 26 pessoas foram detidas por motivos diversos.

Rodovias que continuam bloqueadas

A Polícia Rodoviária Federal divulgou também no início da tarde desta quarta-feira quais rodovias nacionais catarinenses que continuam bloqueadas por manifestantes. Nenhuma delas pertence ao Sul do Estado.

-- PUBLICIDADE --
Compartilhar

NOTA: O TN Sul não se responsabiliza por qualquer comentário postado, certo de que o comentário é a expressão final do titular da conta no Facebook e inteiramente responsável por qualquer ato, expressões, ações e palavras demonstrados neste local. Qualquer processo judicial é de inteira responsabilidade do comentador.